Há uma nova tendência no TikTok e envolve cozinhar. Neste caso, frango com um medicamento. Vários utilizadores da plataforma já aderiram a esta receita, que entretanto ficou viral. No entanto, tal como muitos outros desafios da aplicação, pode ser bastante perigoso.

Consiste em trocar os caldos, as ervas, a cebola ou o alho por um xarope para a tosse. O frango é, então, temperado com este medicamento, ficando de molho no mesmo. De seguida, vai para o lume, onde o líquido evapora. Depois disto, supostamente, o "NyQuil Chicken" está pronto.

Dos doces sem açúcar aos pedidos bizarros. As Meninas do Café Fritel são o novo fenómeno do TikTok
Dos doces sem açúcar aos pedidos bizarros. As Meninas do Café Fritel são o novo fenómeno do TikTok
Ver artigo

O medicamento é comercializado nos Estados Unidos, chama-se NyQuil e não está sujeito a receita médica. Este líquido verde costuma ser utilizado para tratar os sintomas das gripes e das constipações. Cozinhar carne com este medicamento pode trazer sérias implicações.

A Food Drug Administration (FDA), agência federal do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, já emitiu um comunicado onde alerta para os danos que este desafio pode causar no sistema respiratório. A própria inalação é prejudicial.

"Ferver um medicamento pode torná-lo muito mais concentrado e alterar as suas propriedades de outras formas", menciona a FDA, citada pela "Visão". "Mesmo que não se coma o frango, inalar os vapores do medicamento enquanto cozinhamos pode provocar a entrada de altos níveis de fármacos no corpo e pode também ferir os pulmões", acrescentam.

Tonturas, náuseas, convulsões, febre, danos cerebrais, alterações na pressão arterial e problemas de visão são alguns dos possíveis desfechos desta tendência, tal como refere o mesmo órgão. "O bem-estar do nosso consumidor é a nossa prioridade e não apoiamos o uso inapropriado do nosso produto", avisam, na conta de Twitter do medicamento.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.