Parece que foi ontem que se começaram a somar memórias de almoços e jantares de família ou amigos na Cervejaria Ribadouro, na Avenida da Liberdade, em Lisboa. Mas não. Já passaram 75 anos (nessa altura, Amália Rodrigues estreava-se no cinema), celebrados este ano e com uma novidade: vai manter a qualidade de sempre.

O restaurante conhecido pelo marisco destaca-se precisamente por essa oferta, a que muitos acorrem sempre que apetecem uns petiscos do mar. Já da terra, e sendo uma cervejaria, a acompanhar as cervejas frescas, a Cervejaria Ribadouro serve pregos, que não são daqueles a despachar.

Aqui vêm com podem vir, com fatia extra de fiambre, queijo ou presunto e o pão é à escolha do freguês: em carcaça ou bola rústica.

Prego do lombo com batata frita (desde 10,95€)
Prego do lombo com batata frita (desde 10,95€) créditos: divulgação

São 75 anos anos deste bem receber, servir (no interior ou esplanada) e bem tentar os clientes com as variadas sobremesas, características que se querem manter durante muitos mais anos.

"Portugal é hoje um país completamente diferente, mas o gosto por comer bem mantem-se e esta casa e o seu staff, continuam com a mesma vontade e o mesmo rigor desde a sua origem. A Cervejaria Ribadouro é uma referência em Lisboa há 75 anos e queremos que continue a ser por mais 75, e outros 75 depois desses", refere em comunicado Alberto Mota, Mestre Marisqueiro da Cervejaria Ribadouro.

Pão fofinho, carne tenra. Descubra 7 dos melhores pregos de norte a sul do País
Pão fofinho, carne tenra. Descubra 7 dos melhores pregos de norte a sul do País
Ver artigo

Comer bem é expressão que funciona como música para os ouvidos, tal como aquela que se ouvia e ouve nos espetáculos no Parque Mayer, no Tivoli ou no Cinema S. Jorge por quem visita a cervejaria antes ou depois desses momentos de lazer, e numa carta completa são muitos os pratos que nos satisfazem.

Por cada década destes 75 anos, selecionamos 7 iguarias que tem de provar numa próxima visita.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.