O 31 dArmada, em Alcântara, está cheio de novidades para o outono. O charmoso restaurante que pisca o olho ao mood art deco na sala interior, mas cuja esplanada — coberta e totalmente apta para as temperaturas mais baixas — é das mais instagramáveis da capital, tem uma carta a pensar na nova estação, com sabores aconchegantes e pratos de conforto, sem esquecer alguma frescura. 

Lisboa. Há 6 novos restaurantes que merecem uma visita este fim de semana
Lisboa. Há 6 novos restaurantes que merecem uma visita este fim de semana
Ver artigo

Exemplo disso são entradas como o lingueirão à Bulhão Pato (18€), com marisco de Setúbal, e pratos principais de peixe a pensar nas refeições a dois como o arroz de marisco (59€/ serve duas pessoas), com molho bisque, mexilhão, lagosta e camarão, e o arroz no ponto, claro está. Se preferir, pode também experimentar o lombo de robalo fresco à meunière (25€) com tomate cherry, courgette, batata ao murro e cenoura.

31 d’Armada
Sala interior do restaurante

Para quem não dispensa carne, a ementa conta com novas propostas como a perna de pato confitada (23€), servida com um combinado de purés de beterraba e batata-doce, e finalizada com molho cítrico de ginja, mas não faltam as opções vegetarianas como a salada quente de vegetais, cuscuz, legumes e frutos secos (16€).

Nas sobremesas, renda-se à decadência do pastel de natas (8€), com massa folhada, creme de pistachio e crumble de canela.

Estas criações são o resultado da inspiração da proprietária, a empresária Ewa Kubik, e do chef Tiago Zucarelli, que teve em conta as sugestões dos clientes habituais do 31 dArmada. "São pratos singulares e algumas reinvenções com uma certa dose de ousadia e modernidade", salienta o chef, em comunicado, que não deixa de realçar o atendimento como um dos pontos fortes deste restaurante. "Procuramos sempre proporcionar aos clientes, nossos amigos, momentos ímpares à mesa."

Morada: Praça da Armada 31, Alcântara
Telefone: 936 000 244
Horário: 12h30-22h30

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.