Ostras ou peixe grelhado à beira-rio, marisco à beira-mar. Pizzas num pátio escondido de Campo de Ourique ou entrecôte numa esplanada secreta das Avenidas Novas. Com as temperaturas a escaldar e o receio dos espaços interiores, as esplanadas são o novo critério fundamental nesta missão tão exaustiva que é escolher um restaurante.

Por estarmos a par de todas estas circunstâncias, fizemos o trabalho por si. Reunimos dez esplanadas ótimas, perfeitas para desfrutar de uma noite amena em Lisboa, com tudo aquilo que se quer: ambientes relaxados, paisagens bonitas, comida boa e, claro, regras de higiene e de distanciamento social. 

Dos sabores asiátcos aos peixes grelhados, marisco, pizza ou comidas do mundo, à beira-rio, à beira mar ou escondidas no centro da cidade, conheça as nossas sugestões.

Doca Peixe 

doca

Existe há 22 anos, mas tem muitas novidades. O restaurante que fica na zona das Docas, em Lisboa, acaba de sofrer uma remodelação, que se estende da carta à decoração. Mas não se preocupe: mantém sempre a sua história gastronómica, aquela em que o peixe é rei. Prove o creme de camarão, a famosa sopa de peixe, o arroz de lavagante com gambas e coentros ou, se preferir, opte pelos famosos peixes expostos na montra, grelhados no carvão. E não se apoquente em relação ao espaço: o Doca Peixe tem duas esplanadas, ambas com 40 lugares — uma junto ao rio e outra no restaurante.

Popolo

popolo

A hamburgueria e pizzaria Popolo fica bem no centro da famosa zona de Santos, e reabriu a 8 de junho, garantindo o cumprimento de todas as orientações da Direção-Geral de Saúde. Teu duas esplanadas: uma virada para o IADE, na Avenida D. Carlos I, e outra em plena Avenida 24 de Julho, virada para o rio. Para comer? Há muitas hipóteses: desde o It's Only Business (7,30€), hambúrguer recheado com queijo cheddar e bacon, à pizza Daviola (11,50€), com mozzarella e salame picante.

Faz Figura

vista

Não é bem uma esplanada, mas é quase, não estivessem as mesas do Faz Figura junto a uma gigante parede envidraçada, muitas vezes de janelas escancaradas com uma soberba vista sobre Santa Apolónia e o Tejo, tal como pode ver na imagem acima. Este espaço é emblemático, não existisse já 45 anos, tendo sítio um dos locais frequentados por Francisco Sá Carneiro. A comida é portuguesa e uma homenagem à gastronomia de diferentes regiões do País. Tudo aqui é confeccionado com produtos nacionais, muitos dos quais são vendidos na loja, que acaba de ganhar uma versão online. A nossa sugestão vai para um menu degustação de petiscos (25€), que inclui desde salada de polvo, a salada de grão a mexilhão ou tártaro de atum. Se preferir um prato mais composto, pode optar por bochechas de vitela Mirandesa DOP (24€) ou por um polvo em crosta de milho, com vinagrete de Castelo Branco (22€).

JNcQUOI

jn

É uma das novidades mais fresquinhas: o famoso restaurante da Avenida da Liberdade acaba de inaugurar a primeira esplanada. O novo spot tanto serve uma refeição ligeira, como pode ser o novo ponto de encontro para um encontro de amigos depois de trabalho — com a devida cautela em relação aos ajuntamentos. Aqui poderá provar tapas e petiscos, saladas e sanduíches, da autoria do chef António Bónia. Há desde ostras do Algarve (a partir de 9€), a carpaccio de novilho (19€), gambas ao alho (21€) ou ovos rotos trufados (20€). Está a funcionar a partir do meio-dia e tem capacidade para 36 pessoas.

Sauvage

sauvage

Uma ampla e agradável esplanada em plenas Avenidas Novas, absolutamente escondida da confusão da cidade. Aqui não se veem carros, ouvem buzinas ou pessoas apressadas. É assim o espaço ao ar livre do restaurante Sauvage, onde pode desfrutar desde petiscos como camarão panado (9,5€), tártaro de salmão (12€) ou nigiri de pato fumado (7,5€), ou de refeições principais como entrecôte (16,5€) ou lombo de bacalhau lascado (16,5€).

Memoria

memóra

Dedica-se à cozinha italiana, assim como os restaurantes Pasta Non Basta, que pertencem aos mesmos proprietários. O Memória fica em Campo de Ourique, disponibiliza mais uma esplanada secreta — outra localizada num pátio, novamente escondida dos barulhos da cidade — onde cabem 35 pessoas sentadas. Da pizza Pasta Non Basta (14€) ao Pappardelle al Ragú di Coniglio (14€), é mais um sítio de eleição para aproveitar as temperaturas amenas das noites de verão.

Selllva

selva

O restaurante de comida saudável que foi inaugurado no final de 2019, junto ao Marquês de Pombal, reabriu e trouxe consigo uma nova esplanada, com capacidade para sentar 16 pessoas. Aqui pode desfrutar desde o sumo natural Mogli, com abacaxi, manga, limpa, morango e manjericão (4€), a uma das opções incluídas na carta, desde ovos escalfados com creme de abacate e molho holandês (8€), ao menu de almoço e de jantar, que inclui desde húmus de grão e beterraba (3€) a burrito de frango com arroz integral, feijão preto, mozzarella, alface e húmus (9€).

Grupo SushiCafé abre restaurantes e traz novidades: mais esplanadas e um bar nas Docas
Grupo SushiCafé abre restaurantes e traz novidades: mais esplanadas e um bar nas Docas
Ver artigo

Soão

soão

A taberna asiática de Alvalade também reabriu com esplanada, o novo local onde pode desfrutar da experiência gastronómica que atravessa o Japão, China, Coreia, Tailândia ou Índia — e que inclui, claro, cocktails e um extenso número de sakés. Parte do grupo Sea Me (o mesmo que detém os restaurantes com o mesmo nome ou o Prego na Peixaria), entre as opções tem o Gua Bao, um bao (pão caseiro cozido a vapor) com lâminas de barriga de porco, amendoins, molho de feijão preto e coentros ou ainda um delicioso pad thai (16€).

Fortaleza do Guincho 

fortaleza

Deixamos o Tejo, fazemos a marginal e paramos junto ao mar, mais concretamente, no Spot by Fortaleza do Guincho: um novo espaço, inserido neste hotel e restaurante, inaugurado a 1 de julho. Com uma zona ao ar livre, e de vista privilegiada para a praia do Guincho, aqui há pratos e petiscos para provar do chef Gil Fernandes: chocos fritos (16 €), xerém de toucinho e berbigão à bulhão pato (16 €), salada de polvo grelhado e batata doce de Aljezur (16 €) ou Bacalhau à Guincho, com mexilhão, cachaço de porco preto e funcho do mar (16 €) — sem esquecer as tábuas de queijos nacionais (18€) ou enchidos de porco preto alentejano (21€). Se preferir, há também um hambúrguer com carne de novilho, cebola caramelizada, queijo e molho BBQ (20€) ou uma salada Fortaleza, com alface, bacon, queijo da ilha ou frango grelhado. Está com muita fome? Então vá pelo lombo de porco preto com tajine de cenouras e kumquat (20 €)  ou esparguete de lavagante da nossa costa (36 €).

Sítio de Gente Feliz

sitio de gente feliz

Um sítio de gente feliz, que faz as pessoas felizes — ainda para mais agora, com uma esplanada maior. Neste conceito não entram cartas ou menus com várias opções e preços. Aqui, funciona assim: o cliente paga 20€ e tem direito a uma série de petiscos e pratos mais sérios (tudo igualmente delicioso), confecionados na cozinha por onde o cliente pode entrar e que é dirigida por Miguel Gonçalves, dono, cozinheiro e membro do staff. A oferta vai variando sempre. Pode encontrar desde cachaço de porco, a pimentos pádron, grão com polvo, açorda, ovos mexidos, morcela, terminando sempre com um prato de carne. A acompanhar, uma belíssima pipa de vinho. Fica em Vila Fria, Porto Salvo, muito perto da A5. É mesmo uma experiência imperdível.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.