Já não sabemos escolher um restaurante sem ver primeiro o que é que se diz dele online. Problema? Nem sempre os comentários deixados são verdadeiros. É o que está a acontecer neste momento na Rússia, em particular nas 11 cidades-sede russas que vão receber jogos do Campeonato do Mundo da FIFA de 2018.

O caso foi denunciado pela Reuters. Nos últimos dois meses, a agência de notícias reparou num aumento exponencial de reviews a restaurantes no TripAdvisor, todos muito elogiosos e simpáticos. Seria tudo mentira? Talvez não tudo, mas muitos comentários sim. A empresa de marketing Bacon Agency confirmou à Reuters que está a vender comentários falsos no TripAdvisor por 476€, assegurando-lhes um lugar no top 10 do site de viagens.

Numa brochura recebida por um restaurante em Ecaterimburgo, que vai receber um jogo entre o Egito e o Uruguai, a Bacon Agency escreveu: "O que é que pode fazer se nenhum sérvio ou sueco esteve no seu espaço e deixou um comentário? Escreve-o você mesmo", lê-se no folheto. "Estamos a oferecer os nossos serviços para ajudar os turistas a encontrarem-vos e a deixarem o seu dinheiro especificamente convosco."

Em resposta à notícia da Reuters, o TripAdvisor emitiu o seguinte comentário: "Opomo-nos a qualquer tentativa de manipular o ranking de uma empresa. A nossa dedicada equipa é proativa e extremamente eficaz em apanhar aqueles que tentam solicitar avaliações falsas por dinheiro."

Roman Baldanov, proprietário da Bacon Agency, respondeu à agência de notícias: "Entendemos que tudo isto é ilegal no sentido em que o TripAdvisor é contra." E acrescentou: "Não é porque somos uns bandidos que chegaram agora e disseram: 'Olhe, tem de começar a enganar...'. Todos os restaurantes sabem que as reviews são procuradas, e muitos usam esse serviço."

14 novos hotéis, turismos rurais e hostels para conhecer este verão
14 novos hotéis, turismos rurais e hostels para conhecer este verão
Ver artigo

Uma café em Kaliningrado passou do 28.º para o 2.º lugar

A investigação da Reuters continua. Em Kaliningrado, mais precisamente no Peperonchino, um café que serve pratos típicos da cozinha italiana, as reviews aumentaram exponencialmente. Se antes costumava ter uma crítica nova por semana, só nas últimas duas semanas foram 45. Parte curiosa: a grande maioria das contas tinha fotos de bancos de imagens.

A enchente de reviews garantiu ao restaurante uma passagem do 28.º para o 2.º lugar na lista do TripAdvisor. O mesmo aconteceu com Peperonchino 2. No total também ganhou 45 novas críticas, 32 deixadas por contas suspeitas. Em declarações à agência, o restaurante defendeu-se assegurando que "todas as nossas críticas são verdadeiras e deixadas por clientes."

Mas como é que a Bacon Agency consegue publicar falsas reviews no TripAdvisor? De acordo com a agência, é tudo uma questão de enganar o algoritmo. Para tal, as falsas reviews são publicadas utilizando diferentes endereços IP, dispositivos, browsers e sistemas operativos.

E para que ninguém ache o comentário estranho, as críticas vão cheias de detalhes reais sobre a ementa e a decoração, bem como fotografias do espaço.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.