Sabe a expressão "todos os caminhos vão dar a Roma"? Ora, nenhuma outra se aplicaria tão bem ao InterContinental Cascais-Estoril que reabriu a 1 de julho. Passamos a explicar: primeiro, porque quer para quem vai para os lados de Cascais ou do Estoril, muito provavelmente o caminho traçado no GPS vai implicar uma passagem pelo hotel com vista mar. Segundo, porque com a ventania que se faz ao fim do dia em Cascais, fomos empurrados para dentro do hotel para mais depressa chegar a este paraíso, não sem antes pisar o tapete húmido para desinfeção do calçado. Começa aqui a aventura de uma estadia Clean & Safe.

Além de ser um lugar mais quente para nos resguardarmos do vento lá de fora, o InterContinental Cascais-Estoril aquece também pelo conforto e ambiente prazeroso em volta. Ainda não se viam estrelas no céu quando chegámos, eram quase 20 horas, mas as cinco estrelas do hotel já começavam a fazer-se notar logo na entrada, na qual tudo estava meticulosamente brilhante. Apesar do glamour, os tempos exigem que logo nos apontassem uma espécie de pistola à cabeça, que aceitámos de bom agrado.

Temperatura estável, 36.5ºC, seguimos para próxima etapa: o check-in, onde reforçámos as mãos com o álcool gel disponibilizado.

Antes de avançar, é importante deixar uma nota. É que este hotel não tem apenas a tão falada certificação Clean & Safe atribuída pelo Turismo de Portugal. Soma também o selo #SafeTravels do World Travel&Tourism Council, e ainda a certificação mundial da rede IHG a nível de limpeza, IGH Clean Promise,

Anote este conselho: é melhor andar sempre com uma caneta no bolso

Aguardámos que outros hóspedes terminassem o check-in para avançarmos também e dar inicio à estadia. Numa situação normal, mal estes saíssem sentávamos-nos de imediato, mas a COVID-19 não deixa margem para deslizes. A funcionária do hotel pediu para que aguardássemos e pegou num recipiente em forma de pistola, que viemos a saber mais tarde que funciona como um sistema de desinfeção electrostática. "É para desinfeção de superfícies de todas as áreas públicas. O que esta tecnologia faz é a difusão do produto que espalha-se e cobre toda a superfície", explicou à MAGG Alejandro Batista, hotel manager do InterContinental Cascais-Estoril.

No check-in, uma placa de proteção em acrílico separava-nos da funcionária, reforçando o uso da máscara, que é, aliás, usada por todos os trabalhadores e hóspedes. Apesar das medidas de segurança garantidas pelo InterContinental Cascais-Estoril até aqui, nunca é demais andarmos prevenidos e explicamos porquê.

Na altura de preencher um papel, apercebemos-nos de que não tínhamos caneta e pedir coisas emprestadas nos tempos que correm não é a melhor ideia. Sem escapatória neste caso, depressa nos arranjaram uma, não sem antes a desinfetar de uma ponta à outra. O mesmo aconteceu com o multibanco, que levou uma limpeza antes de o usarmos. Nada lhes escapa, nem a nós, atentos a cada pormenor que no fim conta para o bem de todos.

InterContinental Cascais-Estoril

Morada: Avenida Marginal 8023, 2765-249 Estoril
Contacto: +351 218 291 100
E-mail: liset.reservations@ihg.com

Quem quer saber da segurança quando do quarto se vê o mar?

Calma. Todos queremos estar seguros, não há dúvida, mas ao entrar num dos quartos do hotel é quase inevitável ficarmos petrificados à entrada a admirar a vista panorâmica para a praia e para o Oceano Atlântico. O azul consome-nos de imediato, mas depois do estado de imobilização voltamos à consciência de que há cuidados a tomar antes de avançar quarto adentro. Ainda junto à porta tirámos os sapatos, no espaço que agora chamamos de "zona suja", e trocámos para os chinelos disponibilizados à entrada do quarto.

A casa de banho fica perto para lavar as mãos e retirar as camadas de álcool-gel acumuladas desde a chegada. Para além dos frascos de gel e champô para nos lembrar que há coisas que não mudam, ao lado encontramos máscaras e toalhetes desinfetantes deste "novo normal". Da casa de banho para o quarto, são vários os objetos que têm uma indicação "limpo e desinfetado", reforçando que as medidas estão por todo o lado.

Cada particularidade foi notada a olhos vistos, mas antes de estarem reunidas estas condições de segurança, o quarto passou por várias etapas de higienização e desinfeção, explicadas por Alejandro Batista. "Assim que um hóspede sai, o quarto é ventilado, é instalada uma máquina de ozono, e é retirada toda a roupa suja. Passadas três horas a máquina é retirada e só após 24 horas da ultima utilização é que o quarto volta a ser preparado para novos hospedes", refere o responsável.

Acabou-se o pequeno-almoço buffet, mas a segurança continua

O pequeno-almoço funciona por turnos, das 7 às 11 horas, e quando chegámos por volta das 10 horas as mesas estavam espaçadas, garantindo assim o distanciamento social, e nem todas preenchidas em parte devido aos turnos, mas também à redução inevitável da lotação. "Em termos do hotel, desafortunadamente o negócio fez uma redução sozinho", revela o hotel manager, Alejandro Batista, acrescentando que os hospedes habituais no verão eram essencialmente do Brasil e dos Estados Unidos, substituídos agora por muitos espanhóis e portugueses, que têm a facilidade de usar a via terrestre.

De volta ao pequeno-almoço, o mesmo escolhe-se através do sistema QR Code, mas na mesa é logo servida uma cesta de pão e viennoiserie, um prato de queijos e charcutaria, manteigas, um prato de frutas, e as bebidas desejadas: chá, café, ou sumo de laranja.

InterContinental Cascais-Estoril
Pequeno-almoço

Do menu a primeira escolha foram os ovos mexidos. Mas até quando é que é aceitável continuar a pedir para trazerem coisas? É que quando isto era buffet a gula ainda passava despercebida. Agora pesa ligeiramente na consciência de cada vez que colocamos a mão no ar para: "Importa-se de trazer só mais um iogurte?". O que é facto é que de cada vez que são levadas mais coisas às mesas, os funcionários desinfetavam as mãos, sempre prontos para um novo serviço em segurança.

Depois do pequeno-almoço, o caminho até à piscina é percorrido quase sem tocar em nada. Verdade seja dita que estes novos sistemas contactless nas portas são uma novidade e, apesar da sinalização, ainda andámos à procura de um interruptor ou maçaneta para abrir as portas à moda antiga ou ficámos à espera que estas se abrissem porque ora eram automáticas, ora era necessário passar com o cartão do quarto junto do sensor.

Por todas as mesas junto às espreguiçadeiras há um cubo onde é possível aceder ao menu também em QR Code do Bago du Vin Gourmet Bar & Terrace, o wine bar do InterContinental Cascais-Estoril, que além dos vinhos serve petiscos como a bruchetta com tostas com azeite, manjericão, e tomate (9€), ou uma seleção de fritos portugueses como bolinhas de alheira, pastel de bacalhau, e croquete de queijo (9€).

InterContinental Cascais-Estoril
QR Code na piscina do InterContinental Cascais-Estoril

Por agora, o pequeno-almoço e o bar do hotel são as únicas ofertas gastronómicas disponíveis, uma vez que o Atlântico Bar & Restaurante está temporariamente encerrado. O mesmo acontece com as aulas de ioga que antes funcionavam aos domingos no hotel. "Tudo o que são atividades de exercício físico não podemos fazer", revela Alejandro.

Contudo, para quem não dispensa uma ida ao ginásio mesmo nas férias, pode fazê-lo mediante marcação prévia e o uso está restrito a uma pessoa ou família de cada vez, de modo a que entre cada utilização a sala possa ser devidamente ventilada e higienizada.

Uma noite em agosto para duas pessoas no InterContinental Cascais-Estoril custa a partir de 289€. O pequeno-almoço não está incluído (acresce 22€ por dia), bem como o estacionamento no hotel (9€ por noite).

*A MAGG ficou alojada a convite do InterContinental Cascais-Estoril.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.