O famoso artista de rua Banksy voltou a fazer das suas. Conhecido pelas obras de arte de cariz humanitário, que pretendem alertar para assuntos como os abusos sexuais nas igrejas ou a crise climática, desta vez está a dedicar trabalhos à guerra que decorre na Ucrânia.

Em fevereiro deste ano, a Rússia invadiu a Ucrânia e começou um conflito que, nove meses depois, ainda perdura. O artista britânico de 48 anos, cuja identidade permanece um mistério, viajou até Borodyanka, a noroeste de Kiev, capital ucraniana. Foi neste local que deixou os seus mais recentes graffitis, tal como notou o "DailyMail".

Banksy viajou de autocaravana e deixou várias obras pelo caminho. Saiba o que significam
Banksy viajou de autocaravana e deixou várias obras pelo caminho. Saiba o que significam
Ver artigo

Um deles, que partilhou no Instagram, trata-se de uma figura de uma ginasta a fazer o pino, equilibrada numas pedras que desabaram e que pertenciam a um edifício agora abandonado. Borodyanka "é a cidade mais destruída da região", de acordo com a procuradora-geral ucraniana Iryna Venediktova, citada pelo "Observador".

Banksy
créditos: Instagram

Alvo de bombas e rockets, esta zona residencial ficou destruída. A procuradora-geral ucraniana acredita que o alvo foi "apenas a população civil", já que "não existe qualquer base militar" perto. Na legenda das três fotografias partilhadas por Banksy na conta pessoal do Instagram, apenas escreveu "Borodyanka, Ukraine".

Banksy reúne mais de 11 milhões de seguidores nesta rede social. Apesar de apenas ter partilhado esta obra, já existia alguma especulação de que o artista estaria na Ucrânia, depois de começarem a surgir murais parecidos aos que nos habituou. Todos têm uma coisa em comum: representam crianças.

Estas obras de arte aparecem entre os escombros, em rachas, sujidade, lixo. "Um dos murais mostra um homem parecido ao presidente russo, Vladimir Putin, a ser atirado ao chão durante um combate de judo com um pequeno rapaz", escreve o "The Guardian".

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.