Criado por Anthony E. Zuiker em 2000, e produzido por Jerry Bruckheimer, o franchise "CSI" é um dos mais longevos da televisão a nível mundial. O primeiro "CSI: Crime Sob Investigação" durou 15 temporadas e terminou em 2015. Seis anos depois, e com alguns dos protagonistas originais, a série original regressa ao pequeno ecrã.

"CSI: Vegas", que estreou na CBS em outubro, chega a Portugal esta segunda-feira, 6 de dezembro. O primeiro episódio, que a Fox exibe às 22h15, chama-se "Legado" e começa com um ataque a Jim Brass. Este momento faz com que  Gil Grissom e Sara Sidle interrompam as respetivas reformas. Juntos, vão expor uma conspiração que pode por em risco o laboratório criminal da polícia de Las Vegas e levar à libertação de milhares de assassinos já condenados.

"CSI: Vegas" conta com os protagonistas da série original, William Petersen, que dá vida ao entomologista forense da polícia de Las Vegas, Gil Grissom, e Jorja Fox, que interpreta Sara Slide, cientista forense. Mas os atores não são os únicos a regressar do elenco original: Wallace Langham e Paul Guilfoyle, que interpretam, respetivamente o técnico de laboratório David Hodges e Jim Brass, capitão da unidade CSI, também surgem nesta nova temporada de dez episódios.

"CSI: Vegas" conta com um elenco renovado, com Paula Newsome, Matt Lauria, Mel Rodriguez e Mandeep Dhillon nos principais papéis. Os atores dão vida a uma "nova geração de criminalistas forenses" que se vão juntar "às personagens lendárias do passado que continuamos a adorar, incluíndo os extraordinários Billy Petersen e Jorja Fox", nas palavras de Kelly Kahl, presidente da CBS Entertainment

Veja alguns momentos dos primeiros quatro episódios.

Quantos CSI há, afinal?

  • "CSI: Miami" (2002 - 2012, 10 temporadas)
  • "CSI: Nova Iorque" (2004 - 2012, nove temporadas)
  • "CSI: Cyber" (2015-2916, duas temporadas)

São, no total, 807 episódios, emitidos nos EUA entre 6 de outubro de 2000 e 8 de dezembro de 2021. O franchise contou ainda com oito episódios de "crossover" entre duas séries da mesma marca (nos quais se juntaram personagens das várias séries "CSI") e ainda quatro episódios de "crossover" com séries fora do franchise ("Casos Arquivados", "Sem Rasto", "Dois Homens e Meio" e "Os Caçadores de Mitos"). A marca foi além da televisão e já produziu livros de banda desenhada, videojogos, uma exposição ("CSI: The Experience"), brinquedos e três dezenas de livros baseados nas histórias da série.

Até abril de 2015, o franchise detinha o recorde da maior transmissão simultânea mundial de uma série televisiva dramática, com o primeiro episódio de "CSI:Cyber", transmitido em 171 territórios ao mesmo tempo. O recorde foi batido pelo segundo episódio da quinta temporada de "A Guerra dos Tronos", transmitido em simultâneo em 173 países.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.