Estávamos em maio de 2019 quando os Metallica, como parte da digressão do novo disco, tomaram o Estádio de Restelo de assalto. Foi, em Portugal, o primeiro concerto num estádio desde 1993, altura em que subiram ao palco no Estádio José de Alvalade, em Lisboa. Agora, e devido à pandemia de COVID-19, uma das maiores bandas de heavy metal do mundo arranjou uma solução para manter o contacto com todos os fãs.

A iniciativa chama-se #MetallicaMondays (assim mesmo, com hashtag) que, tal como o nome indica, acontece todas as segundas-feiras.

Marque na agenda: à uma da manhã de todas as segundas-feiras, o canal de YouTube dos Metallica vai mostrar um novo concerto completo em vídeo de uma das muitas digressões que a banda já fez pelo mundo. E o melhor de tudo é que aqui não é preciso pagar bilhete nem esperar na fila para entrar.

Esta banda de heavy metal é inspirada em Ned Flanders de "Os Simpsons"
Esta banda de heavy metal é inspirada em Ned Flanders de "Os Simpsons"
Ver artigo

O primeiro vídeo, publicado a 23 de março, foi referente ao concerto gravado na Irlanda a 8 de junho de 2019, que fez parte da digressão WorldWired Tour — na qual a banda voltou a promover os temas do seu último disco, "Hardwired to Self-Destruct", editado em 2016.

A iniciativa não tem data de término e, portanto, espera-se que possa continuar até ao final da pandemia. A promessa é só uma: os Metallica vão transmitir alguns dos concertos mais épicos e importantes da sua carreira.

Estando no ativo há quase 40 anos, pelo menos nisto não há dúvidas: não faltará conteúdo novo e inédito a ser publicado na página de YouTube do grupo.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.