Parece que os piqueniques que têm virado moda por força das circunstâncias — necessidade de estar ao ar livre após o confinamento e também de voltar a estar com grupos restritos num ambiente seguro —, mas a Comfy Picnic, projeto de piqueniques de luxo lançado a 3 de maio, promete que "é mais que uma trend".

"Está mais na moda, mas não é só isso que nós queremos. É mesmo para criar momentos. Hoje em dia não há coisas assim tão íntimas ou pessoais e nós queremos deixar isso claro: não vai ser só de agora que isto vai acontecer. Era giro voltar a esta tendência de ajuntamentos mais íntimos."

Quem o diz é Inês Bonito, de 22 anos, licenciada em Design no IADE e designer numa agência de marcas e artistas. A Comfy Picnic é uma atividade paralela e ainda de pequena dimensão, mas a que se dedica a 100%. "Desde pequenina que sempre tive um espírito empreendedor", diz Inês à MAGG.

Foi lançando pequenos negócios alinhados com o gosto pelas artes, como a página de Instagram artbyboni através da qual vende posters, mas tendo em conta os tempos que vivemos, o espírito empreendedor de Inês motivou-a a criar experiências ao ar livre em forma de piquenique — particularmente procuradas agora que já podemos desconfinar.

"É um conceito que lá fora funciona muito bem e eu pensei: 'Porque não juntar o útil ao agradável e lançar isso, num registo mais acolhedor, de luxo'?", conta Inês. E assim foi. O namorado, que trabalha em bares, um setor muito afetado pela pandemia, juntou-se à vontade de Inês em criar "uma alternativa a espaços fechados, públicos, com muitas gente" e juntos andam a espalhar a magia da Comfy Picnic em praias e jardins.

Um novo brunch e piqueniques com vista para o mar. Hotéis Tivoli e o Seen têm novidades
Um novo brunch e piqueniques com vista para o mar. Hotéis Tivoli e o Seen têm novidades
Ver artigo

Mas não pense que estes piqueniques se resumem a cestas cheias de croquetes e uma toalha aos quadrados. Muito pelo contrário. Toda a decoração foi pensada ao detalhe. "Sou muito adepta da decoração ao estilo boho. Uma coisa descontraída, uma coisa simples, mas atenta aos pormenores. Os pormenores fazem toda a diferença", refere Inês, acrescentando que o objetivo é criar um ambiente confortável que cumpra com o nome do projeto.

O piquenique não é focado na comida, mas sim nas atividades que estão incluídas em cada um dos três sets disponíveis, pensados para até quatro pessoas. O first date (90€), por exemplo, tem itens como almofadas, cobertores, flores, velas, copos de espumante e luzes decorativas; o comfy date (120€) tem bancos boho, letreiro com frase personalizada e oferta de vinho Mateus Rosé; e o luxury date (250€) inclui a mesma decoração ao estilo boho e ainda tubos de bolhas de sabão, kit de pintura, polaroid e a comida para compor a foto: uma tábua de charcutaria bem composta acompanhada de champanhe Moët & Chandon Brut de oferta.

Aos piqueniques da Comfy Picnic pode adicionar alguns extras, como o kit "Rose and Jack" (35€), com duas telas para pintar e vinho Mateus Rosé, ou uma polaroid para tirar cinco fotografias (15€).

É ou não o cenário perfeito (além de instagramável) para um reencontro com alguém que não vê desde o ano passado, um programa especial com o namorado ou um pedido de casamento? O motivo é consigo, o serviço fica encarregue à Comfy Picnic.

Resta saber como é que tudo funciona. Para requisitar o momento de luxo, basta enviar mensagem privada através de Instagram para a página da Comfy Picnic a indicar o set escolhido e a data e hora pretendidas com duas semanas de antecedência. O piquenique pode ser montado desde Almada a Sintra, em localizações como a praia da Fonte da Telha ou o jardim da Torre de Belém.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.