Em apenas 16 metros quadrados, nesta loja na Estrada de Benfica cabe um mundo de balões, brinquedos, velas e cerâmicas, que deixam qualquer adulto de olhos arregalados. A Bailarico, que chegou a Benfica em junho de 2017, é uma verdadeira dança para os adultos que não sabem que par escolher no meio de peças delicadas e uma decoração pensada ao pormenor.

Além das filas à porta na Estrada de Benfica, a loja tem feito furor pelo Instagram.

Conta já com mais de 13 mil seguidores e um feed que é de encantar, principalmente agora que o Natal está aí à porta e quer na montra, quer no interior da loja, a magia é palavra de ordem.

As partilhas na rede social são feitas todos os dias por Susana Cruz, de 32 anos, proprietária.

"A loja surgiu porque sou fotógrafa e gostava de preparar os meus cenários sempre com artigos que despertavam a curiosidade nos meus clientes. Artigos decorativos como balões, grinaldas, entre outros acessórios. Quando encontrei esta pequena loja numa rua que eu frequentava muito, achei que seria ideal para vender os artigos que surpreendiam os meus clientes", conta à MAGG.

O nome Bailarico foi escolhido numa conversa de amigos e a razão é óbvia. "Sempre adorei Bailaricos. Também são surpreendentes e quanto mais pequenos mais surpreendentes", tal como a loja, diz. É que o Bailarico, neste caso a loja de Benfica, nasceu para "preparar pequenas festas, miminhos e surpresas".

Até hoje, Susana Cruz foi a única trabalhadora da Bailarico, mas conta com várias mãos. É o caso de Maria Matos, ilustradora e colega de Susana no curso de Fotografia, que todos os anos ilustra a monta de Natal. Também Margarida Macedo, ilustradora, dá vida à loja em épocas específicas.

Nestes 16 metros quadrados, cabe ainda o talento de artistas de ateliers, olarias e fábricas, principalmente nas Caldas da Rainha e Alentejo. A cerâmica é um dos destaques da loja Bailarico, não só pela estética, como pelo facto de ser um "artigo que facilmente é pensado como uma oferta. É útil e decorativo", diz Susana.

Ainda assim, o best seller, segundo a responsável da Bailarico, são as andorinhas. Azul, verde, amarelo e até branco às pintas pretas, não há quem resista a decorar a casa com simples andorinhas em miniatura.

Devido ao tamanho da loja, "pequena mas cheia", diz uma das publicações carregada de novidades que entusiasmam os adultos, e com a elevada procura numa altura de Natal e de pandemia, os últimos tempos têm sido um desafio para Susana.

"Sou só uma a trabalhar na loja e também sou a ir fazer as compras. Faço vendas, faço entregas, preparo encomendas, vou aos correios, faço as fotografias, respondo a mensagens, chamadas e emails, etc. Mas está a ser muito compensador, adoro sentir que a loja está a chegar às pessoas, que se identificam com ela e a procuram", admite.

Além disso, para a proprietária, os 16 metros quadrados são até uma vantagem. "A primeira reação de quem visita é sempre a surpresa, por ser tão pequena. E o objetivo da loja é esse: surpreender, por isso numa primeira visita começamos sempre bem", remata.

Para conseguir chegar a todo o lado, Susana Cruz divide o horário: à segunda e terça-feira a Bailarico pode ser visitada por marcação e de quarta a sexta-feira (das 11h às 13h30 e das 15h30 às 19h), bem como sábado e domingo (das 10h às 13h), funciona de porta aberta.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.