Cristiano Ronaldo, pastéis de nata, o milagre de Fátima e vinho do Porto. Há muitas coisas pelas quais os portugueses são conhecidos e que, inevitavelmente, levaram algumas particularidades do País além-fronteiras. Agora, há mais uma a fazer parte desta lista: a estética portuguese girl (rapariga portuguesa, diga-se), que é uma tendência de moda em ascensão.

Depois da euforia do Copencore – o estilo das influenciadoras da capital dinamarquesa, Copenhaga, do qual Josefine Haaning Jensen e Barbara Kristoffersen foram percursoras, conquistando os fashionistas do resto do globo –, parece que é a vez de as portuguesas se chegarem à frente e agitarem um bocadinho as águas do mundo da moda.

Ainda que esteja a ser popularizado por um novo trio de influenciadoras ousadas, Vicky Montanari, Rita Montezuma e Caetana Botelho Afonso, Mafalda Patrício é dos rostos que mais associamos a este estilo, sendo que o seu guarda-roupa já o refletia, mesmo antes de ser tendência. O que importa é que está a dar que falar e até deixou o TikTok dividido em dois grupos – os fãs e os céticos.

Mas porquê? O que é que há de tão pouco consensual nesta estética? A resposta é simples: se há quem ame as combinações que dela surgem, também há quem frise que são muito poucas as portuguesas que se vestem assim. "Nunca vi ninguém a usar isto", "eu devo viver noutro Portugal" ou "descobri que não sou uma portuguese girl" são alguns dos comentários que se podem ir lendo na plataforma.

Seja como for, é algo que tem conquistado cada vez mais adeptos, especialmente aqueles que apreciam uma boa mistura de cores, padrões, texturas – e cujo resultado final, apesar de caótico, até funciona. E num dos vídeos de Vicky Montanari, que soma quase cinco milhões de visualizações, a influenciadora deixa um guia prático de como atingir este estilo.

Golden Goose. Os ténis de luxo  adorados pelas estrelas são tendência — saiba onde os comprar em Lisboa
Golden Goose. Os ténis de luxo adorados pelas estrelas são tendência — saiba onde os comprar em Lisboa
Ver artigo

O primeiro passo é usar uma parte de baixo divertida, que deve ser complementada com um top "que não combine" com a mesma – "é tudo sobre combinar os padrões errados da forma certa", ouve-se no vídeo. O look não fica completo sem "sabrinas, ugly shoes ou ténis" e um "casaco com personalidade" – e, no campo dos acessórios, uma carteira colorida é imperativa, bem como uma mola de flores e "óculos de sol fixes".

Agora que já sabe do que é que a tendência se trata, já pode pô-la em prática da forma que quiser. Continua sem ideias? Nada tema, porque a MAGG montou cinco looks para si, que encapsulam a estética portuguese girl, bem como alguns acessórios, que vão deixar todas as estações bem mais coloridas do que estava à espera.

Espreite os looks.

Espreite os acessórios.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.