Os saldos são a altura perfeita para comprar peças que tendem a ser mais caras por um preço mais acessível. Até aqui todos concordamos. Mas a verdade é que nem toda a gente sabe em que peças deve investir quando os preços baixam.

A primeira peça a ter em conta são casacos. Os casacos, especialmente de inverno, tendem a ser mais caros e é por isso que se deve aproveitar esta ocasião para os comprar mais baratos. Não deve adquirir casacos-tendência porque pode dar-se o caso de se cansar deles assim que a moda passar. Deve sim comprar casacos intemporais com os quais se vai identificar daqui a dez ou vinte anos. Um casaco comprido preto ou camel, um blazer estruturado de uma cor neutra ou um casaco curto dentro dos tons que usa são excelentes compras.

Pips Bazaar é a nova plataforma da Pipoca Mais Doce que reúne 150 marcas portuguesas
Pips Bazaar é a nova plataforma da Pipoca Mais Doce que reúne 150 marcas portuguesas
Ver artigo

Nos saldos também não pode deixar dever o segmento de calçado. Os sapatos de boa qualidade tendem a ter um preço mais elevado o que os torna perfeitos investimentos quando os preços baixam. Mais uma vez, o segredo é comprar algo que se adapta ao seu estilo e que pode ser intemporal. Umas botas ou botins pretos, uns clássicos pumps ou até uns mocassins são modelos que não passam de moda e que pode usar e abusar durante várias estações.

Outra coisa que deve ver são os acessórios. Sim, é verdade que nem todos eles têm preços exorbitantes — mas também é verdade que eles podem dar uma vida completamente diferente a um look. Talvez seja a oportunidade perfeita para investir naquele brinco grandalhão que anda a desejar há uma vida, ou comprar aquela mala que lhe está ali atravessada, mas da qual não precisa assim tanto.

Se precisar de inspiração no que toca a peças que deve investir nos saldos, nós ajudamos. Aqui fica uma seleção de peças que moram na Pips Bazaar que deve ter debaixo de olho para os próximos saldos.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.