A Bolt decidiu dar uma nova vida às trotinetas antigas e transformá-las em acessórios. Esta iniciativa, uma colaboração estabelecida com um designer galardoado, representa a primeira vez que a plataforma europeia de mobilidade se aventura no mundo da moda.

Ao reciclarem os modelos descontinuados de trotinetas, criaram aquela que é a primeira coleção de bijuteria da marca. Chama-se Hardwear e foi desenvolvida pelo premiado designer estónio Tanel Veenre, que desenhou cada uma das peças, agora à venda online.

É o fim do drama das trotinetas? Multas de estacionamento já começaram no Porto (e podem ir até aos 88€)
É o fim do drama das trotinetas? Multas de estacionamento já começaram no Porto (e podem ir até aos 88€)
Ver artigo

Composta por brincos e pulseiras azuis, verdes, roxas, pretas e prata, esta coleção tem estado a ser um sucesso, com inúmeros modelos sem stock. Os preços variam entre os 39 e os 89€ e os acabamentos, feitos à mão, contêm um revestimento refletor que permite uma maior visibilidade à noite.

O processo começou pela remoção da tinta verde que carateriza estes veículos, seguindo-se o corte e da moldagem do metal e terminando na pintura das peças, à mão. E este é só o começo, uma vez que a parceria entre a Bolt e o designer estónio vai continuar e, por isso, resultar em novas peças, que irão além desta primeira leva.

A Bolt pegou em trotinetas que não teriam qualquer destino senão a sucata e atribuiu-lhes um novo propósito, aproveitando o alumínio leve e duradouro que usam em toda a frota (com mais de 230 mil trotinetas) e regendo-se pela sustentabilidade e pela segurança.

Espreite a primeira coleção de bijuteria da Bolt

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.