Foi a curiosidade que moveu Raquel Poço, de 34 anos, a criar a sua marca de jóias. Fisioterapeuta e professora de pilates, a agora também joalheira, rendeu-se a este mundo ao ver as criações de outras marcas de peças artesanais. "Comecei a ver jóias como as da Inês Telles, por exemplo, que adoro, e ficava sempre muito intrigada e interrogava-me como é que aquelas peças nasciam", conta Raquel Poço à MAGG.

Apaixonada desde sempre por trabalhos manuais, em 2017 Raquel Poço resolveu inscrever-se num curso na Escola de Joalharia de Lisboa, apenas como hobby. Mas assim que começou a manusear o metal e fabricar as suas próprias jóias, os pedidos não tardaram.

Reciclagem de jóias: marca bracarense lança iniciativa inédita de sustentabilidade
Reciclagem de jóias: marca bracarense lança iniciativa inédita de sustentabilidade
Ver artigo

"Comecei a fazer as coisas que gostava — aliás, todas as peças que faço são coisas que gosto de usar —, e as amigas começaram a notar, as minhas alunas do pilates também, perguntavam-me se eu vendia, valores e etc.", recorda a joalheira, que percebeu que podia existir espaço para criar uma marca em nome próprio.

No final de 2019, acabou por criar uma página de Instagram e começou a vender as jóias através da rede social, nascendo assim a Raquel Poço Jewellery. Porém, a gravidez e o nascimento da primeira filha em março de 2020 colocaram o projeto num hiato, que renasceu com toda a força em dezembro do ano passado, com direito à criação de um site e ao lançamento da primeira coleção de jóias.

A linha Wabi Sabi surgiu, assim, de uma viagem feita ao Japão em 2018 e de uma vontade que essas memórias perdurassem no tempo. "Quando penso nela, penso na natureza, na liberdade, no vento e nos vestidos a esvoaçar. Simplicidade, elegância, mas ao mesmo tempo sensual. Penso em confiança. Penso numa coleção com peças que podem agradar a pessoas mais jovens, como a pessoas mais maduras. Peças orgânicas e simples, que podem ser usadas no dia a dia ou em ocasiões especiais", descreve Raquel Poço, que assume que vai buscar inspiração a coisas tão simples como folhas, texturas, tecelagens e até elementos arquitectónicos.

Todas as peças da Raquel Poço Jewellery são feitas à mão pela joalheira, de forma artesanal, com acabamentos fora do comum que lhes conferem um elemento de exclusividade. A coleção Wabi Sabi é composta de anéis, fios, brincos e pulseiras, todos disponíveis em prata ou prata com banho de ouro, e as peças podem ser adquiridas através do site.

Na fotogaleria, espreite algumas das peças da Raquel Poço Jewellery.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.