Será que o clitóris só serve para dar prazer? Até agora pensava-se que sim, mas um cientista americano, da Universidade de Sheffield, publicou um estudo em que afirma que este não é o único propósito do órgão genital feminino.

No estudo "The Clitoris – An Appraisal of its Reproductive Function During the Fertile Years: Why Was It, and Still Is, Overlooked in Accounts of Female Sexual Arousal", publicado a 5 de novembro, Roy J. Levin afirma ter descoberto porque é que a natureza presenteou a mulher com um órgão que, aparentemente, só serve para lhe dar prazer.

Segundo o cientista, este órgão sexual tem uma função reprodutiva importante porque, quando estimulado, ativa o cérebro para fazer uma série de alterações no corpo feminino, preparando-o para receber o sémen que irá fecundar o óvulo. 

Desejo sexual da mulher diminui depois de um ano de relação
Desejo sexual da mulher diminui depois de um ano de relação
Ver artigo

As alterações físicas provocadas pela estimulação do clitóris podem ser o aumento do fluxo sanguíneo vaginal, aumento da lubrificação e oxigenação vaginal e alteração da posição do colo do útero. Todas estas mudanças no corpo são de enorme importância para haja uma fecundação com maior taxa de sucesso.

Mas Roy não descarta a função prazerosa do clitóris: "O clitóris tem ambas as funções, tanto a reprodutiva como a de prazer, e ambas são de igual importância". Segundo o cientista, a clitoridectomia — remoção do clitóris através de uma intervenção cirúrgica — não gera apenas incapacidade sexual como também reprodutora.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.