Andreas Noe, mais conhecido como The Trash Traveler, é o responsável pela iniciativa "The Butt Hike" que entre 1 de agosto e o final do mês de setembro vai passar por mais de 30 cidades portuguesas. O objetivo é que os portugueses se juntem a este viajante da sustentabilidade para recolher o maior número possível de beatas.

O convite foi feito pelo próprio na página oficial de Instagram através de um vídeo que junta um misto de humor à realidade negra da poluição. "Uma beata não é biodegradável. É acetato de celulose. Então, por favor, pensa bem antes de a deitares fora porque vai acabar dentro de um peixe e terminar no teu prato. É incrível como se vai acumulando", dizia no vídeo.

"Todos podem aderir e faremos passeios agradáveis pelos centros", continua Andreas Noe na descrição, parecendo que está a convidar os portugueses apenas para um passeio turístico. Também, mas pelo meio a ideia é apanhar o que de menos belo há nas cidades, as beatas que andam pelo chão, e depois disso, sim, criar peças de arte com o lixo recolhido.

Atirar beatas para o chão vale coima até 2 mil euros. Regras entram em vigor esta quarta-feira
Atirar beatas para o chão vale coima até 2 mil euros. Regras entram em vigor esta quarta-feira
Ver artigo

Quem quiser juntar-se à caminhada só precisa de aparecer no dia e hora marcadas, levar luvas reutilizáveis, sacos ou baldes reutilizáveis. Para o caso de ter intenção de levar ou já o praticar quando vai à praia, saiba não deve colocar as beatas numa garrafa de plástico para fazer posteriormente a separação. Isto porque, uma vez dentro da garrafa, as beatas contaminam o plástico, o que faz com que deixe de ser reutilizável. O The Trash Traveler mostra como se faz.

Por fim, Andreas Noe só deixa mais uma recomendação: dizer aos amigos e familiares para se juntarem. Quando mais pessoas, mais o planeta agradece e quanto maior a quantidade lixo recolhido, maior será a chance de ganhar um prémio já que os melhores recolectores que enviarem o seu contributo para o responsável da iniciativa, recebem "prémios sustentáveis". De valor será também se a iniciativa conseguir alcançar um recorde mundial.

A próxima caminhada das beatas está marcada já para esta segunda-feira, 9 de agosto, em Matosinhos. Veja o mapa aqui

As beatas são a segunda luta de Andreas contra a poluição em Portugal, uma vez que a primeira foi o plástico. A recolhida intensiva ficou registada no documentário "The Plastic Hike", que resulta de 300 horas e 90 entrevistas que realizou desde a praia da Foz do Minho, em Caminha, até aos areais de Vila Real de Santo António, no Algarve.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.