Naquela que parece ser uma tentativa de focar a estabilidade da aplicação nos equipamentos que a consigam suportar a 100%, o WhatsApp prepara-se para deixar de funcionar numa série de telemóveis populares já no final do ano. É que a partir da próxima terça-feira, 31 de dezembro, o serviço de chat detido pelo Facebook não vai funcionar em telemóveis Windows, equipamentos com versões antigas do Android e até alguns iPhone.

A aplicação é utilizada por milhões de pessoas em todo o mundo, mas isso não foi impedimento para a decisão tomada pela empresa que, segundo escreve o jornal "Metro", começou a efetivar estas mudanças no início de julho.

"Vai deixar de ser possível usar o WhatsApp em todos o telemóveis que utilizam o sistema operativo Windows a partir de 31 de dezembro. Além disso, a aplicação pode deixar de estar acessível na loja digital da Microsoft a partir de 1 de julho de 2019", informou a empresa em comunicado, citado pelo mesmo jornal.

Esta ferramenta deixa-o ler todas as mensagens apagadas no WhatsApp
Esta ferramenta deixa-o ler todas as mensagens apagadas no WhatsApp
Ver artigo

Mas há mais equipamentos afetados. Os smartphones que dependam da versão 2.3.7 do sistema operativo Android, da Google, também vão deixar de poder aceder às suas contas dentro da aplicação. E nem mesmo os iPhone, o equipamento mais popular da Apple, escapam — e todos os que usem a versão iOS 8 também vão ser afetados.

Se é utilizador de um destes equipamentos, o melhor é fazer um backup completo de todas as suas conversas até agora. O método de funcionamento não podia ser mais simples: basta abrir uma das conversas que deseje guardar e, nas últimas opções da lista, selecionar a função "Exportar Conversa".

Depois de selecionada a opção, tem a opção de exportar a conversa sem anexos ou com todos os ficheiros (vídeos, gifs, imagens) que foram partilhados até então.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.