Depois de o Instagram ter banido, a 17 de setembro, a divulgação de publicações que promovessem produtos de perda de peso e de cirurgias plásticas, agora também os filtros vão ser alvo de medidas que pretendem promover o bem estar mental dos utilizadores da plataforma. 

O filtro "fix me", que simulava as marcas de uma cirurgia plástica, já desapareceu, tal como vai acontecer com aqueles que colocam os lábios mais grossos ou o nariz na perfeição — através do popular filtro "plástica". O anúncio foi feito pela empresa Spark AR, que desenvolve os filtros do Instagram, na sexta-feira, 18 de outubro.

O próprio criador de um dos filtros com efeito de cirurgia plástica, Daniel Mooney, já tinha partilhado no perfil e nos Stories uma fotografia com este efeito. Quando soube da medida do Instagram, partilhou com os seguidores: "Peço desculpa, mas não vou ter mais [o filtro]. Talvez faça sem a deformação do rosto, mas 'sorry'", refere o ilustrador brasileiro.

'Saiu o filtro 'fix me' — vem experimentar a nova fantasia de cirurgia plástica', escreve Daniel Mooney na descrição da fotografia

"Queremos que os efeitos do Spark AR sejam uma experiência positiva e estamos a reavaliar as nossas políticas no que se refere ao bem-estar", esclarece a empresa Spark AR numa publicação feita através do Facebook.

No fundo, aquilo que vai acontecer é que todos os filtros que possam transmitir uma mensagem negativa sobre a estética dos utilizadores que usem a "cirurgia" do Instagram vão ser eliminados, mantendo-se, no entanto, todo o tipo de filtros que não deformem os traços faciais.

Por isso, os filtros com máscaras de gatos ou com adereços alusivos ao Halloween — que está a aproximar-se — vão continuar a existir para os utilizadores divertirem-se na plataforma.

Está a ver aqueles anúncios do chá milagroso e da massa que não engorda? Vão acabar
Está a ver aqueles anúncios do chá milagroso e da massa que não engorda? Vão acabar
Ver artigo

Para já, os procedimentos da Spark AR vão passar pela eliminação de todos os efeitos associados à cirurgia plástica da galeria de filtros e aqueles que estavam por aprovar vão ser adiados, atrasando o lançamento de novos efeitos no Instagram.

"Não somos capazes de estimar um tempo exato sobre o lançamento da nova política", refere a empresa que acaba a publicação a agradecer a paciência dos utilizadores e justificando que a medida pretende manter um ambiente saudável para os criadores da Spark AR e da comunidade que utiliza os filtros da empresa.

Nos comentários da publicação que anunciava o fim dos filtros associados às cirurgias plásticas, os utilizadores do Instagram não se mostraram agradados com a notícia. "Vamos eliminar retoques, maquilhagem e todos os filtros! Vamos fazer uma regra para que as mulheres não usem maquilhagem — porque alguém pode sentir-se desconfortável sem maquilhagem", comenta no Facebook uma utilizadora revoltada.

Outra vai mais longe e critica a plataforma: "Isto é ridículo! O bem-estar e a saúde não podem existir sem liberdade. Isto é também discriminatório", comenta. No total, o anúncio teve quase 300 reações e 220 comentários.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.