Este domingo foi para o ar mais uma emissão do The Voice e não invejamos o trabalho daquele grupo de jurados. É que a qualidade está acima da média, com destaque para o duo Miguel Costa e João Maria Baião. Os jovens alentejanos conseguiram virar as quatro cadeiras e levaram um dos mentores a utilizar o maior trunfo. Áurea bloqueou António Zambujo para que o colega não ficasse na lista de opções de escolha, mas Marisa Liz e Diogo Piçarra também lutaram pela dupla.

Depois da Prova Cega de Luís Trigacheiro emocionar os mentores e o país, agora foi a vez de João Baião e Miguel Costa mostrarem, mais uma vez, o talento alentejano.

Luís Trigacheiro. Conheça o alentejano do "The Voice" que está a emocionar Portugal
Luís Trigacheiro. Conheça o alentejano do "The Voice" que está a emocionar Portugal
Ver artigo

Miguel Costa, 18 anos, é natural de Beja e João Baião, 19 anos, da Vidigueira. Conhecem-se desde pequenos, mas foi apenas por volta dos 12 anos de idade que a amizade cresceu, altura em que João começou a ter aulas em Beja e a aproveitar o tempo livre para estar com Miguel. Juntos dedicaram-se à música, começaram a tocar e a cantar em grupos de jovens da igreja e aos 15 anos decidiram criar um grupo musical em conjunto com mais dois amigos, ao qual deram o nome de "Los Colchoneros". Desde aí nunca mais se separaram. Já atuaram em várias palcos no Alentejo e também em Lisboa, mas o "The Voice" foi o primeiro grande palco que pisaram.

A família dos dois esteve sempre ligada à música. João recorda-se, desde muito novo, de ouvir o pai a cantar em bares. Os pais de Miguel tocam guitarra e cantam e os seis irmãos mais novos já seguem o mesmo caminho.

Participar no programa é uma vontade que já vem crescendo desde o ano passado, mas só agora decidiram arriscar. João conta à MAGG que depois de ver uma rapariga no metro com uma faixa do programa e com um número de telefone decidiu ligar a Miguel e inscrever a dupla no concurso.

Miguel Costa e João Maria Baião
créditos: The Voice Portugal

Para os dois, não fazia sentido concorrerem separados e veem a participação em conjunto como uma mais valia. "Não estamos sozinhos em palco. 98% das vezes que eu canto é com o Miguel portanto há já muita química. Eu percebo-o muito bem, ele percebe-me. Eu toco para ele, ele toca para mim. E também temos ideias muito semelhantes em relação ao que queremos fazer.", confessa João à MAGG. Também Miguel assume que se sente mais confiante em cantar em dupla.

Miguel Costa e João Maria Baião subiram ao palco do "The Voice Portugal", este domingo, com o tema "Só um beijo"  de Salvador e Luísa Sobral — uma música que consideram ser " de emoções" e que consegue mostrar o melhor das vozes dos dois. Crescer com a cultura musical do cante alentejano é algo que destacam como uma mais valia e que pretendem continuar a realçar. 

O mentor António Zambujo seria sempre a primeira escolha, mas Áurea trocou-lhes as voltas ao bloquear o colega. "Ele seria a nossa primeira escolha, mas por outro lado ainda bem que não o pudemos escolher porque assim é um desafio diferente. Tivemos que alterar os nossos planos", confessa João. "Ouvi-los e olhá-los nos olhos mete uma pressão enorme e a mim pareceu-me que a Áurea ia querer lutar por nós e connosco e foi isso que nos fez escolher a Áurea. ", acrescenta o jovem de 19 anos.

Subir ao palco do "The Voice" foi para ambos motivo de grande orgulho, mas consideram que os nervos acabaram por influenciar a prestação. "Foi uma sensação inexplicável e um nervosismo de querer estar à altura do desafio", confessa Miguel". "É uma sensação estranha, mas boa. Apesar dos nervos estava a pensar 'É isto que eu quero' por isso tenho de os perder", acrescenta João.

A Prova Cega de Miguel Costa e João Maria Baião foi uma das mais aplaudidas e conta já com quase 40 mil visualizações no Youtube.

Veja a atuação completa aqui. 

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.