O "The Voice Portugal" regressou este domingo, 27 de setembro, à programação da RTP1. Foram vários os concorrentes que subiram a palco para as Provas Cegas, mas a atuação de Luís Trigacheiro distinguiu-se das restantes e foi considerada pela mentora Marisa Liz "uma das melhores" prestações de sempre. Também Áurea, António Zambujo e Diogo Piçarra não pouparam nos elogios.

O jovem de 23 anos, natural de Beja, subiu a palco com um cante alentejano que emocionou os mentores, telespectadores e as redes sociais. "As Mondadeiras" foi o tema escolhido por Luís Trigacheiro que conta à MAGG que começou a cantar muito incentivado pela avó. "Comecei a cantar já tarde, com cerca de 15, 16 anos. A minha avó cantava no grupo de cantares 'Papa Borregos de Alvito' e eu ia atrás dela, do que ela cantava e ia cantando por cima".

Apesar de gostar de outros estilos de música, o jovem afirma: "A minha cultura é esta e sempre gostei de cantar cante alentejano." A aptidão foi-se desenvolvendo ao longo do tempo: " Fui cantando com os meus amigos, depois fui participando noutros projetos e a coisa foi correndo bem. Fui-me apercebendo de que gostava".

Começou por participar em grupos juvenis de cante alentejano, nomeadamente no grupo "Os Bubedanas" e no grupo "Os vocalistas". Com a entrada para "Os Bubedanas" criou laços "com grandes amigos que ainda hoje se mantêm" e juntos decidiram mais tarde criar um grupo musical "um pouco diferente com outras vertentes que não só o cante alentejano". Em 2015 nasceu "Os Improvisados" que se dedica a cantar vários estilos musicais, desde música brasileira a tradicional portuguesa. Luís e os três amigos já fizeram vários concertos de norte a sul do país e foram eles quem o incentivou a participar no talent show da RTP1.

Já se sabe quem vai substituir Mafalda Castro no "The Voice Portugal"
Já se sabe quem vai substituir Mafalda Castro no "The Voice Portugal"
Ver artigo

O jovem conseguiu rapidamente virar as quatro cadeiras e levou Diogo Piçarra às lágrimas : "Fiquei meio sem reação e emocionado. Fizeste-me lembrar o meu avô que se levantava sempre a meio dos jantares para cantar cante alentejano e tu trouxeste essa emoção, trouxeste toda essa alma e obrigado por isso", comentou o jurado do "The Voice".

Luís Trigacheiro
créditos: The Voice Portugal

À MAGG o jovem conta: "Quando as cadeiras viraram não liguei, fiz de conta que não estava a cantar para ali e que estava a cantar para os meus amigos. Só depois quando abri os olhos e aquilo acabou é que me mentalizei  de que já estava. Agora era ouvir o que eles tinham para me dizer e escolher".  Luís Trigacheiro, acabou por escolher o mentor António Zambujo, mas confessa que também gostava muito de trabalhar com Marisa Liz. "Sei que ia aprender com qualquer um deles", acrescenta dizendo que sentiu uma mistura de emoções muito grande e vontade de abraçar Diogo Piçarra que ficou bastante emocionado com a sua prestação.

Veja a atuação completa aqui. 

Quem também não conteve as lágrimas foi a avó do rapaz que, em casa, viu toda a atuação. "A minha avó viu e fartou-se de chorar. Depois de ver ficou ainda acordada até mais tarde a chorar", conta Luís à MAGG.

Luís Trigacheiro tem sentido um apoio enorme, tanto por parte da família, como de amigos e agora até de pessoas desconhecidas. Apesar de assumir que "o cante alentejano é o que o define" pretende também apostar noutros estilos musicais na participação no "The Voice Portugal" .

Quanto a planos futuros, o jovem afirma: "Daqui para a frente não sei porque nunca penso muito no futuro a 100% para não me desiludir. Penso nas coisas por etapas e quando essa etapa está feita vejo o que ela tem para me dar. A vida faz-se de oportunidades e nós temos de saber agarrá-las".

O vídeo da Prova Cega do jovem conta já com quase 300 mil visualizações no Youtube e foi alvo de vários comentários e elogios na rede social Twitter.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.