Bárbara Guimarães está a recuperar do cancro da mama que lhe foi diagnosticado há cerca de dois anos e regressa gradualmente ao trabalho. A apresentadora de 47 anos foi uma das grandes convidadas da manhã desta quarta-feira, 23 de setembro, no programa da SIC "Casa Feliz".

À conversa com Diana Chaves e João Baião, Bárbara admite: "Tive um medo de morte", revelando também que o que mais a afetou foi o cansaço. "Se eu tivesse de dizer nos últimos dois anos o que me custou mais, não foi o cabelo, não foi cair as sobrancelhas, não foi cair as pestanas, as unhas, deixar de ter sensibilidade nas mãos, nada... Foi o cansaço. A pessoa não consegue subir quatro degraus", assumiu Bárbara Guimarães.

A apresentadora encara o que viveu como "uma prova de superação para todos" e revela que as pessoas que estiveram ao seu lado nesta luta foram essenciais para a garra que conseguiu ter. "Este é um processo onde não podemos estar sozinhos. Temos de ter à nossa volta aqueles que cuidam que são essenciais para a tua energia e a para a tua garra", afirma.

Bárbara fala ainda da necessidade de "ouvirmos o nosso corpo" quando passamos por situações destas e revela que nem sempre foi fácil ser forte. "Eu não tenho de ser forte. Eu tenho de ouvir o meu corpo". A perda de cabelo e aparência não foram uma prioridade para a apresentadora: "O cabelo é a última coisa em que tu pensas", afirma.

A genética só é responsável por 10% dos casos de cancro da mama. 9 mitos e factos sobre a doença
A genética só é responsável por 10% dos casos de cancro da mama. 9 mitos e factos sobre a doença
Ver artigo

Questionada por Diana Chaves sobre como foi contar aos filhos, Bárbara Guimarães assume que não conseguiu falar abertamente sobre a situação. "O cabelo caía-me em postas, pensei "vou rapar isto já". Não consegui dizer à minha filha", confessou, acrescentando que a filha ficou a saber de forma inesperada, ao ver a mãe já de cabelo rapado.

Diana Chaves acabou por partilhar também a sua história. A apresentadora perdeu a mãe aos 11 anos, vítima de cancro, e revela que a filha, conhecendo a história, lhe diz muitas vezes antes de dormir: "Mãe eu não quero que tu morras".

Barbara Guimarães é agora embaixadora da revista "Cuidar" -  uma revista que "humaniza a doença" e pretende ajudar, não só os doentes com cancro como também os familiares.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.