A ideia tem quase seis anos e, até ao final do primeiro trimestre de 2021, vai finalmente ganhar vida. O talk show idealizado por Cristina Ferreira e João Patrício em 2015, e que a TVI rejeitou na altura, deverá estrear-se nas próximas semanas.

De acordo com informações avançadas pela Media Capital, empresa detentora da TVI, aos anunciantes, o programa será diário e ocupará o horário de acesso ao prime time (das 19h às 20h). É também descrito como "um formato inovador e arrojado onde a ficção se cruza com a realidade".

"Uma hora repleta de surpresas, emoções e momentos hilariantes que acontece, diariamente, com Cristina Ferreira. Uma fusão natural e harmoniosa que se torna quase impercetível para o espectador, transportando-o para uma dimensão nunca antes vivida na televisão Portuguesa", anuncia ainda a TVI.

Com a estreia de "Cristina ComVida" e "All Together Now", talent show que irá ser exibido aos domingos à noite (e que deverá suceder a "Big Brother - Duplo Impacto"), Cristina Ferreira passa a estar na antena da TVI seis dias por semana.

Cristina Ferreira vai novamente tentar derrotar "O Preço Certo"

Com a estreia de "Cristina ComVida", a apresentadora e diretora de Ficção e Entretenimento da TVI vai, pela terceira vez, tentar derrotar o programa líder do acesso ao prime time, "O Preço Certo", da RTP1. Em 2017, com "Apanha se Puderes", que coapresentou com Pedro Teixeira, foram várias as vezes que o concurso da TVI bateu o rival da estação pública de televisão.

No entanto, quando Cristina anunciou a saída da estação de Queluz de Baixo, em agosto de 2018, o formato perdeu força e acabou por não segurar a liderança (apesar de a TVI ter mantido no ar as emissões gravadas, mesmo depois de a apresentadora já estar no ar na SIC).

Já na SIC, em agosto de 2019, Cristina conduziu "Prémio de Sonho". O concurso - que Cristina revelou em novembro passado ter sido o único formato televisivo que não gostou de fazer - chegou a vencer a "O Preço Certo" no arranque, mas a liderança foi de pouca dura e. "Prémio de Sonho" terminaria em outubro desse ano.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.