Para os mais desatentos, a menção de "Regresso ao Futuro" na grelha da SIC para a tarde deste sábado, 9 de janeiro, poderia significar a transmissão do clássico filme de Michael J. Fox. Mas apesar de ambos os casos contarem com a presença de um automóvel DeLorean, a tarde foi mesmo ocupada pelo novo formato da estação de Paço de Arcos, que rouba o nome ao filme, assim como a ideia de um regresso ao passado.

Cláudia Vieira e João Manzarra são a dupla de serviço desta aposta, que se foca em mostrar os momentos mais marcantes de um determinado ano a cada sábado, desde a música às conquistas do nosso País, bem como os "protagonistas da altura e pérolas intemporais que merecem ser exploradas", dizem os apresentadores no início deste "Regresso ao Futuro".

A dupla Cláudia Vieira e João Manzarra está de volta — e desta vez ocupa as tardes de sábado
A dupla Cláudia Vieira e João Manzarra está de volta — e desta vez ocupa as tardes de sábado
Ver artigo

Este fim de semana, 1991 foi o ano escolhido para a estreia: realizou-se a primeira edição da Moda Lisboa, começou a Guerra do Golfo, "Tieta" passava na televisão, Dulce Pontes ganhou o Festival da Canção com "Lusitana Paixão" e Portugal sagrou-se bicampeão mundial de futebol sub-20 ao derrotar o Brasil a 30 de junho.

E foi justamente num estúdio decorado para se assemelhar a uma sala de estar do início dos anos 90 — com direito a cartazes dos Nirvana —, que Cláudia Vieira e João Manzarra, vestidos com looks dos anos 90, receberam Nelo Vingada e João Vieira Pinto, treinador de futebol e ex-jogador da modalidade, respetivamente, para falar da conquista da seleção de júniores em 1991. Na época, Nelo Vingada integrava a equipa técnica, como treinador-adjunto, e João Vieira Pinto era capitão de equipa. A dupla recordou o ambiente vivido na época, a alegria da conquista e ainda os penteados dos jogadores.

Toy no festival, o clube das trintonas e Simone de Oliveira. Houve espaço para todos em 91

Do futebol à música, foi hora de recordar o Festival da Canção, o formato da RTP que se mantém até hoje, mas que parava o País (mesmo sem confinamentos) na década de 90. Depois de Mariana Pacheco interpretar a canção vencedora de 1991, "Lusitana Paixão" — Mariana foi a cantora de serviço do programa, interpretando vários temas populares durante a tarde —, os apresentadores receberam em estúdio Ana Paula Reis, que conduziu ao lado de Júlio Isidro a edição desse ano, bem como Toy, que também participou no festival de música em 91, com o tema "E até quando?", ficando em sexto lugar.

mariana pacheco
Mariana Pacheco interpretou vários temas celebrizados em 1991 créditos: Instagram

Toy e Ana Paula Reis, que trouxe o mesmo vestido que usou em 1991 ao programa da SIC, falaram sobre o Festival da Canção e ainda responderam a questões sobre o ano em foco neste "Regresso ao Futuro", com a antiga apresentadora a vencer um amigável jogo.

E falar de jogos da década de 90 e falar de Serenella Andrade, que marcou presença nesta estreia (e vamos falar sobre o cabelo incrível de Serenella?). Ao lado da cantora Micaela, que fez parte da banda juvenil Onda Choc, lembrou os tempos do programa "Jogo de Cartas", um clássico de 1991, que apresentava na época — antes, o formato de jogos tinha sido conduzido por Nicolau Bryner.

Throwback. 20 imagens para recordar aquilo que foi crescer na década de 90
Throwback. 20 imagens para recordar aquilo que foi crescer na década de 90
Ver artigo

Para fazer companhia a Micaela, surgiram três membros dos "Onda Choc", que recordaram temas como "Ela só quer, só pensa em namorar" e "Ele é o Rei". João Manzarra aproveitou a deixa e foi coroado rei em direto. A música continuou a ser o foco no "Regresso ao Futuro", e a dupla de apresentadores recebeu Olavo Bilac, Miguel Ângelo, Fernando Cunha e Tim, os artistas membros da banda Resistência, formada em — vamos adivinhar? — 1991 e que celebra este ano 30 anos de existência.

modelos
Jani Gabriel, Sharam Diniz e Isaurinha Jardim vestiram a pele de três top models dos anos 90 créditos: Instagram

Os estúdios do novo programa da SIC ainda receberam a visita de Naomi Campbell, Claudia Schiffer e Cindy Crawford, três super-modelos que marcaram o ano de 1991. Bom, na verdade quem se juntou a Cláudia Vieira e João Manzarra foram mesmo Sharam Diniz, Isaurinha Jardim e Jani Gabriel, que vestiram a pele das modelos e celebraram 1991, o ano em que as três nasceram.

O "Regresso ao Futuro" recebeu Simone de Oliveira, que interpretou o tema de abertura de "Passa por mim no Rossio", um espectáculo de 1991 de Filipe La Féria que foi um enorme sucesso de bilheteira, e Carlos Quintas, que fez parte do mesmo musical. Marco Paulo foi o último convidado da tarde, e recordou 1991, o ano em que conquistou a sua quinta platina com o tema "Taras e Manias" e que celebrou 25 anos de carrreira. É certo que Manzarra e Cláudia Vieria regressam no próximo sábado. O ano é um mistério.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.