Estávamos em meados de 1992 quando, nos cinemas, estreava-se "Instinto Fatal", No papel principal, Sharon Stone, responsável por interpretar uma mulher implacável e capaz de manipular todos os homens com que se relaciona ao longo do desenrolar da narrativa. Mas mais do que a história que conta ou a prestação dos atores, o filme é — ainda hoje — indissociável da cena polémica que Sharon Stone protagonizou num dos momentos fulcrais.

Quando esta é interrogada pela polícia que a considera uma das principais suspeitas do homicídio central do filme, é com um simples e lento descruzar de pernas que a personagem desarma por completo os agentes que a querem pressionar para saber mais informação acerca do alegado crime.

Só que é através desse gesto, aparentemente simples, que esta revela, de forma gráfica e espontânea, não estar a usar roupa interior — reforçando o seu poder sedutor junto não só dos agentes, mas também dos espectadores.

Tom Cruise impõe proibição estranha a colegas nos bastidores dos filmes
Tom Cruise impõe proibição estranha a colegas nos bastidores dos filmes
Ver artigo

No entanto, sabe-se agora, a atriz terá sido enganada pelo realizador do filme, Paul Verhoeven, durante as filmagens. Durante o processo de captação de imagem, o realizador terá pedido a Sharon Stone para que esta tirasse a roupa interior por alegar estar a causar "ruído à cena".

Esta aceitou depois de Verhoeven lhe ter garantido que a sua privacidade não seria violada e que nada de explícito seria mostrado em cena. Cerca de 28 anos depois, sabemos que a história foi outra. Quando, aliás, Sharon Stone viu a versão final do filme, terá esbofeteado o realizador por se sentir traída.

Apesar disso, ainda hoje defende que não mudaria um minuto do filme uma vez que "aquilo fazia sentido tendo em conta a personagem que estava a representar", tal como explicou em entrevista à revista "Express".  O thriller clássico é só uma das sugestões que acaba de chegar às plataformas de streaming da Netflix e HBO, mas não é a única.

Além de "Maria Madalena", com Joaquin Phoenix (que venceu o Óscar de Melhor Ator por "Joker") no papel principal, vai também poder ver "Colateral" com Tom Cruise ou ainda o clássico "Como Perder Um Homem em 10 Dias" — com Matthew McConaughey e Kate Hudson.

Mostramos-lhe 12 filmes que estão agora na Netflix e HBO e que podem ser vistos a qualquer altura e em qualquer lugar.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.