João Baião foi a última personalidade de televisão a renovar o contrato que tinha com a SIC, e por valores milionários. A notícia foi avançado por Daniel Oliveira, diretor de programas da estação, nas redes sociais. Esta renovação é confirmada pouco dias depois de ter sido tornado público que a TVI tinha convidado o apresentador a juntar-se ao canal com um salário de 50 mil euros por mês. A SIC terá batido esse valor para segurar o apresentador que está a substituir Cristina Ferreira nas manhãs.

“A SIC e João Baião acordaram a renovação do contrato em vigor, dando sequência a uma relação longa e feliz que o apresentador e ator tem com a SIC”, pode ler-se no comunicado partilhado por Daniel Oliveira. “João Baião é, desde há muito, uma das figuras mais queridas dos portugueses e uma personalidade a quem todos reconhecem múltiplos talentos artísticos e qualidades humanas, bem patentes atualmente nos programas líderes de audiência ‘Olhó Baião’, ‘Domingão’ e ‘Casa Feliz’”.

João Baião só há um e está na SIC. O público sabe com o que dele pode contar e nós também. Congratulo-me pelo seu sentido de responsabilidade e compromisso com o nosso projeto que nos permite um planeamento a longo prazo com a sua honestidade e competência sempre presentes”, disse o diretor de programas da SIC no mesmo comunicado. No mesmo documento João Baião diz-se “feliz” por continuar na estação e por “fazer parte de uma equipa que é uma família e de uma estratégia de futuro que dá importância às pessoas”.

A proposta da TVI

Esta renovação chega dias depois de Nuno Santos, atual diretor-geral da TVI, ter admitido  que tinha feito uma proposta a João Baião em fevereiro e também nas últimas semanas.

Vem aí bomba. SIC vai anunciar contratação de peso, que deve ser uma estrela da TVI
Vem aí bomba. SIC vai anunciar contratação de peso, que deve ser uma estrela da TVI
Ver artigo

“Quando uma vez a SIC descartou o João Baião, desafiei-o, na RTP, para integrar o júri do ‘Dança Comigo’ que a Catarina Furtado e a Sílvia Alberto apresentaram com brilho. Foi uma grande aventura, com a liderança no mercado”, começou por recordar o diretor da estação de Queluz numa partilha feita no Facebook este domingo, 26 de julho.

“O João é uma grande figura da nossa televisão e do nosso teatro popular. É, além do mais, uma boa pessoa. Podia ter vindo para a TVI em fevereiro ou agora, por um justo valor de mercado, mas ficou onde está porque tem novos e inesperados desafios e, por certo, porque lhe pagam o que pediu durante longos anos”, revelou.

Na mesma ocasião, o apresentador agradeceu o convite e referiu que espera vir a trabalhar com Nuno Santos. “Muito obrigada, grande Nuno Santos. Tenho uma grande admiração por ti, estou-te muito grato pelos desafios que me fizeste e estou certo que vamos voltar a trabalhar juntos. Eu quero muito!”.

Chegou a falar-se que a TVI estava disposta a pagar um salário de 50 mil euros por mês, oferecendo a condução do programa “Somos Portugal” e ainda um outro desafio na estação. João Baião recusou e a direção da SIC soube pelo próprio desta tentativa de contratação. “O João informou a direção desta situação na quinta-feira e agiu de forma mais correta possível. O dinheiro não falou mais alto. A SIC não cobriu financeiramente a proposta, no entanto, melhorou as suas condições”, avançou uma fonte da SIC.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.