Mais quatro casais decidiram dar uma hipótese ao amor e este domingo, 18 de julho, fizeram o balanço dos quatro dias que passaram juntos nas respetivas casas: casa da praia, casa de campo, moinho e casa da serra.

Os quatro casais desta semana passaram por alguns momentos mais conturbados, como aconteceu com Miguel e Sofia, da casa de campo. Também Helena e Alexandre não tiveram momentos fáceis, de tal modo que o pretendente decidiu terminar a experiência mais cedo. 

"O Amor Acontece". Sofia incomodada com Miguel. "Não desiste. Mesmo quando eu digo não quero"
"O Amor Acontece". Sofia incomodada com Miguel. "Não desiste. Mesmo quando eu digo não quero"
Ver artigo

Colocados frente a frente na reunião semanal, com a presença dos apresentadores Maria Cerqueira Gomes e Pedro Teixeira, os quatro casais a ocupar as casas de "O Amor Acontece", falaram sobre a experiência e revelaram a decisão final sobre se continuam ou não a tentar dar uma oportunidade ao amor.

Saiba o destino dos oito concorrentes.

Hugo Palma e Marlene Martins

Hugo Palma e Marlene Martins 
créditos: divulgação

Durante a semana, o casal da casa da praia recebeu uma amiga de Marlene, Tânia, que depois de estar alguns minutos com o pretendente disse: "Amiga é para casar". Marlene, que confia na amiga, ficou mais convencida de que devia dar uma chance a Hugo, de 39 anos — uma vez que inicialmente tinha ficado desiludida com o pretendente que lhe calhou. Depois de perceber que "a aparência não é nada no fim", na reunião semanal, o casal mostrou cumplicidade e fez um balanço da experiência.

Antes disso, a amiga Tânia e a mãe de Marlene fizeram uma avaliação da relação através de um jogo que tive vários "sim" favoráveis à relação. Com as mesmas placas de "sim" e "não", o casal revelou a decisão. Continuar ou não? "Sim", mostraram os dois nas suas placas.

Sofia Freitas e Miguel Godinho

Sofia e Miguel
créditos: divulgação

Desde início que Sofia, 28 anos, estava de pé atrás com Miguel, 29, pelo facto de este ter terminado uma relação de 14 anos há apenas três meses. Sofia chegou a dizer que desconfiava que Miguel não soubesse bem o que queria, questionado se a experiência daria certo, e a tensão entre os dois agravou-se ainda mais na última noite quando Miguel tentou insistentemente um primeiro beijo.

O casal da casa de campo foi o primeiro a fazer um balanço da experiência e o jantar foi o primeiro tema. "Na altura não estava a sentir uma química ou atração física para isso", argumentou Sofia sobre o porquê de não ter cedido ao beijo.

Num balanço final, Miguel, sentiu que "Sofia não está aberta ao amor", no entanto, acha também que se deram bem. Por fim, depois de Sofia mostra-se mais recetiva, o casal decidiu tentar lá fora. 

Inês Cunha e João Nogueira

Inês Cunha e João Nogueira 
créditos: divulgação

Um dos casais mais discretos da semana, Inês e João não sentiram qualquer química durante o encontro de quatro dias no moinho. Enquanto João, de 33 anos, teve a morena que gostava, Inês, de 26, não gostou da aparência do pretendente. Mesmo depois de conhecer a personalidade, Inês não ficou conquistada. "Não enquadra naquilo que costumo gostar. Não senti química. Sinto que se continuarmos a ter contacto poderá haver uma amizade, mas não mais do que isso".

Também João não sentiu que houvesse match. "Se tivesse uma pessoa com a mesma ideia do que eu, acho que ia ser muito mais divertido", ideia essa que seria ter sempre um ambiente de festa, animação.

O casal não pretende continuar a tentar que o amor aconteça. "O amor pode acontecer, neste caso em concreto, entre mim e ele não", rematou Inês, que ainda levou do programa uma serenata de concertina.

Helena Neres e Alexandre Faleiro

Helena e Alexandre
créditos: divulgação

Gargalhadas não faltaram durante a semana, e apesar de um desentendimento a meio da experiência, o casal da casa da serra voltou à alegria habitual — mas de pouca dura. 48 horas depois da experiência, Alexandre, de 52 anos, decidiu que não queria continuar porque não teve espaço para se dar a conhecer e não sentiu compatibilidade com Helena, de 55 anos. "Senti que a Helena não veio para aqui 100% resolvida. Veio para aqui engasgada. Ela precisava de falar dela", disse o pretendente após pôr fim à experiência.

Apesar de terem abandonado a casa mais cedo do que o resto dos casais, Helena e Alexandre estiveram na reunião semanal.

"A determinada altura, eu transmiti ao Alexandre algumas coisas que estava a sentir e ele achou que a minha decisão ia ser negativa", disse Helena sobre a interpretação que fez da decisão antecipada do seu par. Já Alexandre tem outra versão. "Não houve nada que ela me tivesse dito que me fizesse mudar a opinião", acrescentando que não sentiu o "clique".

Ainda assim, Alexandre diz que sentiu e sente empatia por Helena. No balanço final, o pretendente deu uma reviravolta. "Quando sairmos daqui vamos trocar contactos e depois logo se vê", disse. "A sério?", respondeu Helena surpreendida. "Olha. O teu prazo acabou", brincou. 

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.