A Rússia não vai participar na 66ª edição do Festival Eurovisão da Canção, agendada para maio em Turim, Itália. A decisão foi anunciada esta sexta-feira, 25 de fevereiro, pela União Europeia de Radiodifusão.  A entidade, responsável pela organização do certame, tomou esta decisão com base "nas regras do evento e valores da UER", lê-se em comunicado.

"A decisão reflete a preocupação de, à luz da crise sem precedentes na Ucrânia, a inclusão de uma participação russa traria descrédito à competição", anuncia a entidade. Esta decisão acontece depois de vários países, através das respetivas entidades-membro da União Europeia de Radiodifusão (nas quais se inclui a RTP), terem apelado à exclusão do país da competição. "A UER é uma organização apolítica de emissoras, comprometidas em garantir os valores do serviço público", lê-se ainda na missiva, publicada no site da Eurovisão.

Começou a guerra na Ucrânia. Zelensky compara Rússia à Alemanha nazi e apela a protestos
Começou a guerra na Ucrânia. Zelensky compara Rússia à Alemanha nazi e apela a protestos
Ver artigo

A Rússia participou pela primeira vez no Festival Eurovisão da Canção em 1994. Venceu o certame uma única vez, em 2008. Em 2021, o país foi representado por Manizha, com a canção "Russian Woman", que se classificou em 9º lugar.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.