Toda a gente já viu, pelo menos, um episódio de “Os Simpsons”. E toda a gente já viu, certamente, a parte (ou pelo menos uma imagem) em que Homer Simpson, o pai da família, aperta o pescoço ao filho, Bart, cada vez que ele faz asneira. Esta já é uma das piadas mais memoráveis da série de animação, sendo várias vezes repetida ao longo das mais de 30 temporadas que já existem. No entanto, as coisas mudaram e os olhos e a língua de Bart nunca mais saltaram da cara.

Num dos mais recentes episódios da 35.ª temporada de “Os Simpsons”, transmitido nos Estados Unidos, Homer Simpson aparece a cumprimentar o seu novo vizinho, Thayer. Na cena, o pai da família vira-se para a mulher, Marge, e diz-lhe que já sabe apertar uma mão. “Vês, Marge, estrangular o rapaz compensou”, diz, mas rapidamente completa a frase. “Estou a brincar, eu já não faço mais isso. Os tempos são outros."

Este bolo custou 7€ no supermercado — e recria uma das cenas mais icónicas dos "Simpsons"
Este bolo custou 7€ no supermercado — e recria uma das cenas mais icónicas dos "Simpsons"
Ver artigo

A verdade é que Homer já não aparecia a estrangular Bart desde a 31.ª temporada, transmitida em 2019. Algures na 22.ª temporada, o pai da família foi estrangulado e ficou traumatizado, não conseguindo mais apertar o pescoço ao filho. No entanto, duas temporadas depois, acabou por voltar a estrangular Bart. Desde aí, até à 31.ª temporada, o momento foi repetido mais vezes.

No entanto, o vídeo em que Homer aparece a assumir que já não vai mais fazer isso ao filho começou a circular nas redes sociais durante esta semana, com vários fãs a escreverem que “já não era sem tempo”. “Finalmente, já passámos o tempo em que asfixiar violentamente o filho até ficar com os olhos esbugalhados era considerado socialmente aceitável por toda a gente” ou “quer dizer, estrangular crianças nunca foi aceitável” são alguns dos comentários que se podem ler na rede social X (antigo Twitter).

Ainda assim, o descontentamento por parte de alguns fãs foi rapidamente notado pela página oficial dos “The Simpsons” no Facebook, que reverteu a situação com um cartoon, criticando a negatividade com humor. Na imagem, colocada a preto e branco, aparece, nada mais nada menos, do que Homer a estrangular Bart, que ficou com a língua de fora e os olhos esbugalhados. No cartoon, o filho aparece com um telemóvel com a frase “Simpsons: não há mais estrangulamento”.

Também a legenda publicada vai ao encontro do descontentamento dos fãs por causa dos apertos de Homer, onde se lê “Homer Simpson não estava disponível para comentar, pois estava ocupado a estrangular o Bart”.

Os comentários na publicação do Facebook oficial da série televisiva são a agradecer o facto de quererem continuar com o espírito da série, e não darem ouvidos aos comentários que julgavam o estrangulamento. “É ótimo de se ver. Se não conseguem ver o humor numa personagem de ficção, então não a vejam. A escolha de não ver é tua, a minha é apreciar e saber a diferença entre realidade e ficção” e “resposta perfeita para essa tendência idiota das notícias” são alguns dos comentários.

A série “The Simpsons” estreou nos EUA em 1989, estando até aos dias de hoje a ser produzida e transmitida. Em Portugal, é possível ver a produção na Fox Comedy e na plataforma de streaming Disney +.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.