Esta segunda-feira, 13 de setembro, a casa mais vigiada do País ficou marcada pela revelação de Lourenço sobre a sua mudança de género. Após esse momento, Bruno em conversa com António e Rita, revelou que é possível encontrar homens casados com mulheres numa aplicação de encontros direcionada para os homossexuais.

De forma aberta e sem tabus, Bruno falou sobre o assunto. "Nós temos uma aplicação que não vou dizer o nome e também não uso, aquilo é só homens casados", revelou. O concorrente não chegou a mencionar o nome da aplicação, no entanto, percebemos que estava a referir-se ao Grindr, aplicação para homens homossexuais, bissexuais, pessoas trans e pertencentes à comunidade queer.

"Big Brother". Lourenço revela que é transexual e colegas emocionam-se
"Big Brother". Lourenço revela que é transexual e colegas emocionam-se
Ver artigo

De seguida, Bruno reforçou a ideia dos homens casados estarem ativos nesse tipo de aplicação. "Estão casados com mulheres e depois vão para ali, que é discreto e fora do meio", comentou o participante. Na sua opinião, esta ação é reprovável. "Que tipo de vida é esta [em] que tu te escondes, atrás de um ecrã, vais a casa da pessoa e depois voltas para a casa com a tua mulher? Isso é que é nojento", rematou Bruno.

O Grindr foi criado em 2009 e tornou-se na maior aplicação de encontros para gays, bissexuais, transexuais e pessoas queer. Através dela é possível conversar e marcar encontros com outras pessoas da comunidade LGBT. Encontra-se disponível para os sistemas Android e iOS.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.