Em conversa com a atriz Catarina Siqueira e a ex-NonStop Liliana Almeida, Bruno de Carvalho contou como surgiu a vontade de se tornar presidente do Sporting e de que forma decorreu todo esse processo. As colegas do "Big Brother Famosos" ouviram, atentas, as recordações do empresário de 49 anos.

"Sempre tive, desde os 6 anos, a ideia de ser presidente do Sporting", explicou às duas concorrentes. O objetivo seria assumir o cargo aos 45 anos, quando existissem eleições. Quando tinha 39, segundo disse, um amigo de longa data encorajou-o a avançar. "Aquilo está péssimo, não podes esperar mais", terá assegurado este amigo.

Bruno de Carvalho teme "tsunami" de críticas. "Quase todas as pessoas acham que sou drogado"
Bruno de Carvalho teme "tsunami" de críticas. "Quase todas as pessoas acham que sou drogado"
Ver artigo

"Fui pensar, fui ver o programa", disse Bruno de Carvalho. "Aquilo fez-me sentido, avancei", continuou. "Era o homem 1%, era assim que me chamavam", recordou. "E pronto, tornei-me presidente até às cinco da manhã", afirmou, explicando que, a essa hora, "apareceram 400 votos".

"Portanto, perdi as eleições às cinco da manhã, quando já tinha sido anunciado presidente", relembrou, acrescentando que esta notícia chegou a ser divulgada num jornal. Os três colegas fumavam no jardim enquanto o atual presidente da casa e antigo presidente do Sporting viajava pelas suas memórias.

"Acabei por antecipar uma coisa que sempre foi um sonho que tive"

"E depois foi outra vez em 2013", começou, "e aí ganhei". "Quer dizer, ganhar ganhei as duas", corrigiu. "Acabei por antecipar uma coisa que sempre foi um sonho que tive", confessou. Bruno de Carvalho foi presidente do Sporting Clube de Portugal entre março de 2013 e junho de 2018, altura em que foi destituído devido a uma votação em Assembleia Geral após o ataque à Academia de Alcochete. 

A primeira eleição a que se candidatou foi em 2011, onde perdeu para Godinho Lopes. Só em 2013 se tornou o 42.º presidente do clube de Alvalade. Em março de 2017, foi reeleito com mais de 86% dos votos. No "Big Brother Famosos", revelou que não era suposto ter-se recandidatando. "Tinham preferido claramente que eu não tivesse avançado", disse, quanto à posição da família.

Em 2019, Bruno de Carvalho foi expulso de sócio do clube. O empresário já expressou a vontade de voltar a assumir o cargo. Enquanto falava com as colegas, disse que chegou a querer abandonar esta posição, avançando que tentou fazer com que o tirassem para não ter de ser o próprio a sair.

"Se neste momento estão nove ou dez investigações no futebol português, foi porque eu fui a pessoa que teve coragem de chegar à televisão e dizer", contou a Catarina e Liliana, enquanto falava da altura em que, de acordo com o mesmo, foi "ridicularizado" pela comunicação social.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.