Carina foi a concorrente expulsa do "Big Brother - A Revolução" neste domingo, 1 de novembro. A participante do reality show da TVI teve de dizer adeus ao jogo, depois de Teresa Guilherme ter anunciado os resultados finais das votações.

A decisão ficou dividida entre Carina e Pedro, mas acabou por ser a nortenha a ter de abandonar a casa mais vigiada do País. O ilusionista, que somou 27% dos votos, regressou ao jogo e continuou a atacar Carina, depois de terem tido uma discussão durante a gala.

Andreia foi a primeira participante salva pelos portugueses, registando apenas 11% dos votos. Em segundo lugar, foi Sofia quem pôde regressar à casa, somando 14%. Os telespetadores também resolveram dar outra oportunidade a Rui Pedro, que registou 28% dos votos.

Zena já não esconde os sentimentos por André Abrantes. "Sinto-me mesmo muito contente"
Zena já não esconde os sentimentos por André Abrantes. "Sinto-me mesmo muito contente"
Ver artigo

Recorde-se que, nas últimas nomeações, também Jéssica Fernandes e Renato estiveram em risco de abandonar o programa da estação de Queluz de Baixo. No entanto, os portugueses quiseram dar uma oportunidade ao casal nesta quarta-feira, 28 de outubro, na emissão conduzida por Teresa Guilherme. A fadista foi salva com 4% dos votos e o ex-jogador de andebol com 1%.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.