Bernardo Sousa já era uma cara conhecida de parte do público português, não só devido à sua carreira profissional, enquanto piloto de ralis, como também pelas antigas relações amorosas com celebridades. Porém, a participação do madeirense no reality show da TVI veio revolucionar a sua popularidade.

Entrou para o "Big Brother Famosos 2" a 27 de fevereiro e saiu apenas a 24 de abril, o dia da final do programa. Bernardo não foi de mãos a abanar e sim, em vez disso, com o cheque de dez mil euros correspondente ao prémio para o primeiro lugar. Além disso, entrou solteiro e saiu num relacionamento com Bruna Gomes, também concorrente.

Bernardo Sousa estreia-se como ator na novela "Rua das Flores" da TVI — e já temos imagens
Bernardo Sousa estreia-se como ator na novela "Rua das Flores" da TVI — e já temos imagens
Ver artigo

As semanas seguintes à saída de Bernardo Sousa da casa mais vigiada do País têm sido caóticas para o piloto. Desde então, já participou na novela da TVI "Rua das Flores", algo inédito para os restantes concorrentes do BB, regressou à Malveira para surpreender a namorada, participou em segmentos como o "Extra" e viajou com Cristina Ferreira para a Madeira.

O propósito da viagem deve-se ao documentário que irá estrear na estação de Queluz de Baixo sobre Bernardo Sousa, à semelhança do que foi emitido a semana passada sobre Kasha, vencedor da primeira edição do formato. O madeirense também vai ser repórter no "Somos Portugal", o programa de domingo do canal.

Com 35 anos completados na segunda-feira, 16 de maio, e com direito a bolo e "Parabéns" cantados no estúdio da TVI, em direto da gala do reality show, Bernardo tem sido uma grande aposta de Cristina Ferreira. Mas haverá aqui algum favoritismo? Ou o tratamento é igual ao dos restantes ex-concorrentes?

Fomos procurar respostas a estas perguntas. Contactámos a diretora de Entretenimento e Ficção da TVI, mas não obtivemos resposta. Falámos com Inês Simões, Catarina Miranda e Zé Lopes, comentadores oficiais do programa, com Luís Correia, jornalista da revista "TV7Dias" e com Marco Dias, criador d'"O Blog do Marco", página de Instagram com 135 mil seguidores onde escrutina os temas da atualidade, nomeadamente relacionados com famosos e reality shows.

"Para os portugueses, o Bernardo não foi amor à primeira vista"

Para Marco Dias e Zé Lopes, Bernardo Sousa era um desconhecido antes de entrar no BB. Já Luís Correia, Inês Simões e Catarina Miranda sabiam de quem se tratava. "Não sabia da existência dele. Não liguei nenhuma", admite Marco. Aqueles que o conheciam ficaram espantados com a sua entrada no programa.

"Foi dos concorrentes que mais me surpreendeu entrar num formato de reality show. Não estava à espera", explicou-nos Luís Correia. Catarina Miranda e Inês Simões estavam ambas curiosas para testemunhar o desempenho do piloto. Depois de ver o vídeo de apresentação de Bernardo, Zé Lopes achou "que seria um daqueles concorrentes mais neutros, que não se ia envolver em grandes conflitos".

"Na primeira semana, ele foi nomeado e eu acreditei que ele pudesse sair, estando mais apagado", confessa o comentador, que acredita que, se a votação fosse positiva, "ele podia ter saído logo", mas, por ser pela negativa "não houve essa necessidade de ligar para expulsar, como não incomoda o público". Para o jornalista da "TV7Dias", Bernardo entrou na casa "muito à defesa, discreto, sem se querer manifestar muito". "Achei-o desconfortável", descreveu-nos.

"Ele próprio estava ali a ambientar-se. Acho que encontrou ali o seu espaço. Estava muito a observar, a encontrar com quem é que eventualmente teria aqui alguma parecença, ligação", acha Catarina Miranda.

O madeirense não caiu nas boas graças de Marco Dias à primeira. "O Bernardo não era o meu favorito. Não comecei a gostar dele logo no início", contou-nos, apesar de ter reconhecido, desde logo, o "potencial" no piloto. "Para os portugueses, o Bernardo não foi amor à primeira vista", considera Inês Simões. "Foi conquistando, semana após semana, pelas atitudes que foi tendo na casa", crê.

O "príncipe encantado dos contos de fadas que as pessoas querem ver" e que "todas as mulheres desejam"

É consensual, perante os entrevistados, que foram precisamente essas atitudes que ditaram a vitória de Bernardo no reality show e têm contribuído para a sua popularidade. "Não era muito de agredir o outro verbalmente. Era uma pessoa calma, mais pacata. Tinha tudo para chegar ao fim", acredita Marco Dias.

Para Inês Simões, quando existia algum conflito, Bernardo "tinha sempre uma postura mais correta, um lado mais racional nas situações". A comentadora recordou os desentendimentos do piloto com Marco Costa, elogiando a postura de Bernardo, que, para si, teve "a humildade" de saber distanciar as coisas.

Apesar de ter cometido erros no passado, Inês acredita que "as atitudes que ele teve no programa compensaram essas". "Tudo o que ele fez de errado não foi suficiente para que os portugueses não gostassem dele. Todos os comportamentos superaram essas atitudes menos boas. As situações positivas foram muito mais fortes e mais em nível de quantidade do que as negativas", relembra.

"Não é uma pessoa perfeita, mas ali ninguém é perfeito. A entrada do Bernardo, na minha opinião, é mesmo para lidar com alguns fantasmas que ele tinha no passado, coisas mal resolvidas e que ele precisasse de resolver por ele e, estando ali sozinho e isolado do mundo, acaba por ser muito mais fácil", pensa Catarina Miranda, que fala em "novas oportunidades".

Zé Lopes considera-o como "o concorrente que mais evoluiu, sem dúvida nenhuma". "Foi dando as opiniões dele, de forma assertiva, muito genuíno, muita educação", acrescentou, finalizando: "Para mim, passar verdade é o mais importante da televisão. E teres carisma". Todos os entrevistados destacam a boa educação do piloto de ralis como um fator-chave para a opinião que o público tem dele.

"Atencioso", "civilizado", "bem parecido", "elegante", "genuíno", "simpático", "disponível", "bom miúdo" é como o descrevem. Para Luís Correia, Catarina Miranda e Marco Dias, é "o príncipe encantado dos contos de fadas que as pessoas querem ver", "o homem que todas as mulheres querem e desejam", "um gentleman" que "sabe falar e sabe estar".

Segundo Catarina Miranda, Bernardo "reúne tudo para correr bem" e "demonstrou, várias vezes ao longo do programa, que tem um coração gigante", também pelo facto "de não ter medo de se emocionar à frente das câmaras". "Vê-se que tem posses, tem um estatuto diferente daquele estereótipo que normalmente entra nestes reality shows, e acho que isso ajuda muito", acrescenta o jornalista da "TV7Dias".

"BRUNARDO": um amor verdadeiro, uma estratégia benéfica ou uma aposta errada?

Bernardo é "uma pessoa nova que entra no meio. É giro, tem boa imagem, e apaixonou-se dentro da casa por uma rapariga que conheceu ali. Teve um comportamento super idóneo com ela durante todo o jogo. É isso que o distingue dos outros. Não acredito que esteja a representar e a ser algo que não é", disse-nos Inês Simões.

Nenhum dos entrevistados tem dúvidas de que a relação de Bruna Gomes e Bernardo Sousa é real. No início, Marco Dias "não acreditava naquele amor". "Até pela atitude da Bruna, muito defensiva". O criador d'"O Blog do Marco achou "que não ia dar em nada", já que a insistência vinha apenas do lado do "gostoso da Madeira", como lhe chama Cristina Ferreira.

Inês Simões concorda que "o Bernardo, ao início, estava muito mais deslumbrado e interessado na Bruna do que ela nele, algo que foi notório em várias atitudes. Mas ganhou pontos, porque deu-lhe o espaço de que ela precisava e esteve lá nos momentos em que ela precisava dele". "A partir do momento em que ele começou a falar com a Bruna, houve sem dúvida uma sinergia e tem tudo para correr bem", afirma Catarina Miranda.

"Foi verdadeiro, viu-se realmente amor. Foi muito autêntico o sentimento que os uniu", acha Marco Dias, que chegou a temer que este namoro os prejudicasse, já que "as pessoas já estão um bocado cansadas e os próprios concorrentes acabam por se isolar, mas neste caso não aconteceu isso. Cada um fez o seu jogo independentemente de serem casal".

Em comparação com outros casais formados em reality shows, "eles tiveram uma vantagem que os outros não tiveram: a relação foi muito orgânica, evoluindo com grande calma e sem precipitações. Nenhum deles se anulou. Vimo-los enquanto casal e enquanto jogadores", disse-nos Zé Lopes.

Assim, pelo contrário, esta relação também terá contribuído para a fama de Bernardo e para a vitória. Ao juntarem-se, "ganharam um passaporte para a final", de acordo com o jornalista da "TV7Dias". "Tornou-se um foco no jogo, tal como a Bruna. Ajudaram-se mutuamente nesse sentido. Ainda que não fosse propositado, acabou por ser bastante benéfico para o jogo de ambos", aponta Zé Lopes.

O apoio incondicional das "Bernardetes"

Foi assim que passaram a ser definidas as fãs de Bernardo Sousa. Algumas já existiriam graças ao seu desempenho nas corridas de carros, como referiram algumas das personalidades que com quem falámos, e outras foram surgindo graças à postura no programa. Há ainda a fatia de apoiantes derivada da atual namorada.

Bruna Gomes conta com quase dez milhões de seguidores nas plataformas digitais, seguidores esses que também começaram a apoiar Bernardo Sousa ao testemunharem a relação entre ambos. "Em todos os reality shows, há muito interesse de um público específico nos casais. As pessoas querem mesmo acompanhar aquela história", recorda Zé Lopes.

Marco Dias acha que "o apoio do Bernardo veio muito acarretado da Bruna e dos fãs dela" e relembra: "o poder do Brasil é completamente diferente". Inês Simões crê que "o Bernardo já tinha muitas fãs enquanto piloto". "No entanto, parece-me também que aumentaram muito com esta participação no BB. As pessoas acabaram por o conhecer num registo que não conheciam e gostaram do que viram dentro da casa, de o ver mais exposto, de o ver a apaixonar-se", acredita também.

O jornalista da TV7Dias pensa que Bernardo "tinha mais apoio que o Marco na final", concorrente que ficou em segundo lugar no reality. Considera, ainda, que teve "votos a dobrar" devido ao namoro e recordou: "todos os concorrentes que se iam metendo entre eles os dois eram expulsos no fim de semana".

A comentadora não considera que os seguidores que chegaram graças a Bruna Gomes tenham sido responsáveis pela vitória de Bernardo. "Acho que eles não votam no programa. É diferente. Podes votar na app, mas normalmente pegas no telefone e ligas", explicou-nos. Marco Dias também acha que Bernardo "não foi levado ao colo pela Bruna, ao contrário do que as pessoas dizem".

"Ele fez um bom jogo, conseguiu chegar ao fim sendo ele e jogando sozinho. Foi justo", assegura Marco Dias. "Independentemente dos erros que ele tenha cometido no passado, está a conseguir regenerar-se", acrescenta. Para Zé Lopes, a vitória também "foi merecida". "Eu gosto que ganhem pessoas que tenham sido protagonistas, por isso fiquei muito satisfeito. Não houve uma gala em que não houvesse BB Plays e vídeos sobre o Bernardo", argumentou.

O novo "protegido" de Cristina Ferreira?

A recente aposta em Bernardo Sousa para formatos na TVI tem levado parte no público a considerá-lo um "protegido" de Cristina Ferreira. De acordo com Inês Simões, esta aposta deve-se à vontade que o madeirense tem mostrado de "querer aprender, de não querer desiludir, em qualquer que seja o programa".

Catarina Miranda enaltece a "evolução natural" do piloto de ralis, bem como a coragem em assumir os seus erros. "O Bernardo saiu do BB com outra segurança, outra confiança. Ganhou o BB, mas ganhou muito mais do que isso. Fez-lhe muito bem para relançar a carreira", acha a comentadora, que acrescenta: "Teve uma postura sempre correta e agora está a colher os frutos".

"Apesar de muita gente continuar a ter preconceito, eu acredito que o BB seja mesmo uma experiência. É quase uma etapa de superação, de ver até onde é que a pessoa chega. As pessoas, quando vão, saem muito mais fortes", aponta a mesma comentadora. Zé Lopes acha que "a cordialidade" e "o lado humano" de Bernardo "surpreendeu o público", que acabou por se identificar com o piloto. Assim, a aposta nele faz sentido.

Contudo, tanto Zé Lopes como Luís Correia não identificam o favoritismo de que tanto se fala face ao vencedor do BBF2. "O Bernardo vale por ele sozinho, porque passou uma imagem que agradou às pessoas que veem o programa. Surpreendeu as pessoas pela positiva e ganhou com isso", diz Luís, esclarecendo: "Ele teve as mesmas oportunidades que os outros. Os outros não têm é a namorada dentro da casa, como ele tem".

Usando Nuno Graciano, Jorge Guerreiro e Kasha como exemplos, Zé Lopes reforça que, "nestes últimos reality shows, têm sido dadas muitas oportunidades aos concorrentes". "Por ter sido o último a sair, o Bernardo está a ter tudo de uma forma muito seguida, mas não acho que tenha tido mais que os outros. É completamente descabido que acusem de favoritismo", acredita, assegurando que as "oportunidades estão a ser dadas de forma igual".

"Acho que ele faz muito bem em aproveitar essas oportunidades. Só a 'Rua das Flores' é que ele fez e os outros não, mas não se sabe se não o farão", alerta, destacando a "estrutura emocional muito forte" que o ex-concorrente tem apresentado ao "lidar com este bolo".

Para Marco Dias, o segredo está nas audiências. "Isto é uma máquina. O Bernardo vende e vai vender aquilo que quiserem vender", aponta, falando num "produto Bernardo". "A TVI não o larga e a Cristina muito menos, porque sabem ver quem é luz", escreveu o apaixonado por reality tv no Instagram.

"A Cristina Ferreira sabe trabalhar, sabe fazer audiências, sabe o que é que vende e o Bernardo é um fenómeno já há muito tempo não visto", disse também, duvidando que se verificasse a mesma situação com Marco Costa no caso de ter sido o pasteleiro a ganhar o programa.

"A Cristina gosta imenso dele. Não sei se é por gostar realmente, se é por ver que ele está a ser um fenómeno ou se trabalhou para que ele fosse um fenómeno", reflete o comentador das redes sociais. "A produção trabalha muito para que o concorrente seja o que ela quer que ele seja, mas o Bernardo não jogou. Não o vi a jogar em momento nenhum", acrescenta ainda o autor da página de Instagram O Blog do Marco.

Segundo Luís Correia, o piloto "está a ser testado". "A Cristina fez o programa com ele. Também está a tirar dividendos da popularidade dele", afirma, considerando que o "fenómeno Bernardo Sousa" se trata de "uma fase". "Se calhar, se a Bruna não estivesse na casa, ele não estaria a ter tantas oportunidades. Eles funcionam em par e a Cristina está a rentabilizar isso e ele também, sem entrar por caminhos com os quais não se identifica".

O jornalista da "TV7Dias" sublinha ainda que todo este destaque também se deve à antevisão do documentário que aí vem. Para Marco Dias, o madeirense "foi beneficiado pela falta de oportunidade e de tempo" restantes ex-concorrentes. "Ele não tem tido tempo para nada, nem para respirar", refere, realçando a "luz muito própria" do desportista.

Tal como escreveu no Instagram, Marco Dias acredita que Bernardo "foi um concorrente de verdade, que soube jogar e amar" e que "provou que uma pessoa que ama também pode jogar sozinha" e que "o amor pode vencer". O comentador das redes sociais não tem dúvidas: Bernardo Sousa "vai ser uma das maiores estrelas em Portugal".

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.