A gala do "Big Brother - Duplo Impacto" desta noite de sábado, 20 de março, ficou marcada por algumas revelações e momentos em que os ânimos aqueceram. Mas a Curva da Vida continua a ser um dos segmentos mais importantes da emissão. Desta vez foi Joana Albuquerque quem partilhou a história de vida, falando sobre a "pressão" que sofreu na escola e ainda sobre o período conturbado por que passou após a morte do avô.

Andreia Filipe do "Big Brother" revela em direto que está grávida
Andreia Filipe do "Big Brother" revela em direto que está grávida
Ver artigo

"Sofria muita pressão na escola e até gozaram comigo por ser um pouco mais escura. Chamavam-me parola, caixa de óculos, gorda, entre muitas outras coisas", começou por contar a designer de moda sobre a adolescência difícil. "Cheguei a perguntar à minha mãe porque é que tinha esta cor", acrescentou.

Mas o período conturbado não se cingiu apenas a insultos e ofensas. A jovem de Cascais revelou ainda que foi agredida na escola. "Os meus pais aperceberam-se que tinha más companhias", atirou.

Depois disso, Joana contou ainda que conseguiu dar um rumo à sua vida apesar da adolescência em que sofreu de bullying. Mas tudo descambou com a morte do avô materno. "O meu avô ajudou-me muito para alcançar a minha independência. O meu primeiro trabalho foi numa lavandaria e isso levou a uma mudança radical na minha vida", rematou.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.