Diz o dicionário Priberam que "férias" significa "interrupção relativamente longa de trabalho, destinada ao descanso dos trabalhadores". E descanso é a palavra que devemos reter aqui, porque se são férias, não queremos que estejam associadas a tarefas como cozinhar, agendar horas para despertar, pôr roupa para lavar ou fazer a cama. Férias são férias e isso só é possível em hotéis com tudo incluído.

Normalmente os hotéis incluem apenas o pequeno-almoço ou funcionam em regime de meia pensão, com pequeno-almoço ou almoço ou jantar, mas os que se seguem têm mesmo todas as refeições e até um pouco mais.

Hotel, mas não tanto. 5 opções para famílias (sem se preocupar com o pequeno-almoço)
Hotel, mas não tanto. 5 opções para famílias (sem se preocupar com o pequeno-almoço)
Ver artigo

Têm sossego, no caso do VIVA Cala Mesquida Suites & Spa, na Cala Mesquida, Espanha, só para adultos, têm luxo moderno, no caso do Grand Oasis Palm - All inclusive, em Cancún, no México, também piscinas, como as do Waterside at Royal Malewane, na África do Sul, e experiências únicas, como oferece o Big Cave Camp, no Zimbabué.

Cada hotel ou resort tem as suas particularidades, mas todos têm algo em comum: tudo incluído. Nenhum dos destinos faz parte da lista de aeroportos que deve evitar este verão, por isso, é fazer as malas e ir assim que tiver reserva (agosto pode estar quase lotado, mas setembro é já amanhã, já dizia Cristina Ferreira, que em junho não esteve num tudo incluído, mas conheceu um hotel de luxo exímio na ilha de Maiorca).

1. VIVA Cala Mesquida Suites & Spa

4 minutos. São apenas 4 minutos que distam o VIVA Cala Mesquida Suites & Spa, na ilha balear espanhola Cala Mesquida, da praia Cala Mesquida — motivo suficiente para fazer já uma reserva. Mas para que não sinta que está a tomar uma decisão precipitada, eis mais algumas razões: é exclusivo para mais de 16 anos, o que significa que não tem de fugir de mergulhos inesperados na piscina exterior rodeada de palmeiras, dois restaurantes, um de fusão asiática e outro de buffet internacional, e tem o melhor de dois mundos: montanhas e o mar em redor.

O hotel tem 189 quartos amplos, um deles novo: a suíte executiva, com piscina privada. Existe ainda uma outra suíte executiva, com mini piscina com hidromassagem para duas pessoas, mas mais em conta ficam as junior suite basic e a junior suite, ambas com varanda, como grande parte dos quartos.

Em agosto, uma noite no VIVA Cala Mesquida Suites & Spa para duas pessoas em regime tudo incluído custa desde 380,97€.

2. Grand Oasis Palm - All inclusive

Tudo incluído, praia privada, piscina exterior, campos de squash e de ténis, um spa, vista para o mar das Caraíbas, clube infantil com aulas de culinária e uma discoteca, um escorrega aquático, nove bares e de 16 restaurantes. Poderíamos ir mais longe nesta lista, mas não saíamos daqui tal é o tamanho da oferta do Grand Oasis Palm - All inclusive, em Cancún, México.

Quem faz férias neste resort não vai definitivamente para ver os cenotes ou o Chichén Itzá, vai sim para umas férias ao estilo da definição do dicionário da Priberam: para descansar.

Os quartos dão para famílias, como é o caso da suite familiar grande, mas também só para casais que procuram um tudo incluído no qual possam viver o amor sem outras preocupações, ora com vista para os jardins do Grand Oasis Palm, ora para a lagoa ou oceano.

Em agosto, uma noite no Grand Oasis Palm - All inclusive para duas pessoas em regime tudo incluído custa desde 251€.

3. Waterside at Royal Malewane

O Waterside, na África do Sul, é a mais recente unidade do Royal Malewane e, apesar de fazer parte do mesmo lodge na Reserva Privada Thornybush, adjacente ao Parque Nacional Kruger, é tão ímpar como os restantes alojamentos. No caso do Waterside, trata-se de um santuário moderno que proporciona um ambiente imersivo de conexão quer com a natureza, quer com aqueles que nos rodeiam. O novo hotel tem quatro luxury suites, uma baobab suite e ainda a waterside house, uma villa de uso exclusivo, com quatro quartos.

A essência da mata africana sente-se assim que passa a ponte flutuante em direção ao Waterside, decorado com os tons das árvores do parque nacional e elementos de padrões africanos, já a vida selvagem faz parte da experiência de safari deste que é o terceiro alojamento de safári de luxo no Royal Malewane. Falta ainda referir um ponto importante fora do quarto: a piscina, rodeada de árvores seculares.

Em agosto, uma noite no Waterside at Royal Malewane para duas pessoas em regime tudo incluído custa desde 2.376€ para a Aloe Suite.

4. Hillstone Bodrum Hotel & Spa

Próxima paragem: Hillstone Bodrum Hotel & Spa, na Turquia. É um destino menos provável quando pensamos em férias, mas os melhores motivos para o conhecer estão reunidos: é verão e o Hillstone Bodrum Hotel & Spa tem disponível o regime tudo incluído.

Incluído também está um quarto de sonho, que pode escolher entre os 96 que a unidade tem. E porque é que o Hillstone Bodrum Hotel & Spa diz que cada quarto "é quase uma ilha no Mar Egeu"? Porque é "auto-indulgente, não comprometido com o luxo, caloroso mas esplêndido". Um dos quartos que combina estas características é o deluxe, com vista para o jardim, o quarto mais barato do hotel, mas com tudo aquilo que de precisa. Tem equipamentos de última geração, como TV LED, e varanda.

Tendo em conta o nome da unidade, obviamente tem spa, no qual é possível viver a cultura do hammam e outros rituais inspirados desde o Império Otomano ao oriente.

Em agosto, uma noite no Hillstone Bodrum Hotel & Spa para duas pessoas em regime tudo incluído custa desde 909,08€.

5. Big Cave Camp

A primeira vez que entrámos na Booking para ver o Big Cave Camp, em Matopos, no Zimbabué, parecia mais que estávamos perante o catálogo da Netlifix, no qual teria surgido um filme de ficção sobre hotéis do futuro, ou algo assim. Mas não. O Big Cave Camp é bem real e trata-se de um hotel esculpido nas rochas, que também foram usadas para fazer a piscina natural de pedra.

Já os quartos, com uma vista desafogada para o famoso Parque Nacional Matobo, ficam em casas que parecem camufladas no meio da vegetação e são o ponto alto da experiência de ficar no Big Cave Camp. No interior as paredes são de pedra, tons pesados que se tornam ligeiros com as redes que caem sobre a cama, igualmente em tons claros.

Os hóspedes só se recolhem no quarto depois do ritual de final do dia, que consiste na partilha de histórias dentro de uma espécie de caverna iluminada por lanternas e pela fogueira tradicional. Parece de outros tempos e é. Por isso é que ficar no Big Cave Camp é tão especial.

Em agosto, uma noite no Big Cave Camp para duas pessoas em regime tudo incluído custa desde 690€.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.