Cristina Ferreira continua de férias em Maiorca, ilha espanhola, e depois de ter estado no pequeno hotel de luxo Can Cera Hotel, rumou até Deià, onde se localiza o La Residencia, A Belmond Hotel.

Não foi por acaso que, ao sair do centro histórico de Palma de Maiorca, onde ficava o hotel anterior, a apresentadora e diretora de Entretenimento e Ficção da TVI diz nas histórias de Instagram, em jeito de brincadeira, que a aventura estava prestes a começar, dado que depois de fazer inveja com um hotel acolhedor, vem fazer o mesmo com o de Deià.

Trata-se de uma unidade de cinco estrelas entre a Serra de Tramuntana e o  Mediterrâneo, e que tal como o Can Cera Hotel, tem arte um pouco por toda a parte, desta vez de mais de 750 obras da autoria de pintores locais. 

Chegou, arrasou, já foi embora e nós continuamos rendidos ao hotel onde esteve Cristina Ferreira
Chegou, arrasou, já foi embora e nós continuamos rendidos ao hotel onde esteve Cristina Ferreira
Ver artigo

Já no que diz respeito aos quartos, são uma mistura entre o estilo moderno — pontuado por tons animados, como o rosa e o verde — e o mobiliário de épocas passadas, e a maioria tem um extra: varanda privativa, com vista para o olival e para o mar. Já a minoria tem um exclusivo: piscina privada. É o caso da suite Matthew Williamson, que se destaca pela exuberância comparativamente às demais por ter um papel de parede florido, combinado com padrões e texturas diferentes, desde a colcha aos candeeiros.

O La Residencia tem, além de suites, apartamentos com pátio privado e uma pequena mesa para desfrutar das manhãs em Maiorca, e ainda espaçosas villas de luxo.

Fora do quarto, a unidade de Deià convida a sentar na esplanada do café Miró a beber uma taça do vinho tinto Callet, acompanhado de camarões frescos, a mergulhar na piscina, a passar nas salas de tratamento com terraços a céu aberto do spa premiado ou ter uma experiência única no restaurante El Olivo — proposta que Cristina Ferreira aceitou.

Uma noite no La Residencia custa desde 2,759€, com pequeno-almoço incluído.

Não sabemos o que é, mas lá que é original não há dúvidas

Ok. Pode não ser um cérebro onde o restaurante Michelin Alchemist pousa um foie gras salteado em tripa, mas a forma como um dos pratos do El Olivo foi servido a Cristina Ferreira é original.

Trata-se de uma espécie de dois tubos de ensaio dentro dos quais parece estar uma poção mágica. E talvez esteja, mas de sabores mágicos que não sabemos quais são — mas lá bom aspeto têm.

El Olivo
créditos: instagram

Além disto, a apresentadora provou um prato com camarão servido à sua frente, junto à mesa, e uma sobremesa com "mutcha manzana", como comentou a amiga Catarina Duarte após a explicação do funcionário sobre a parte final da refeição feita à luz das velas.

Fora os sabores inspirados na ilha, criados pelo chef Guillermo Méndez, o jantar teve ainda um gostinho português, dado que no hotel trabalham nove portugueses, como apurou Cristina Ferreira junto de Alexandre, um deles, que parecia ser o sommelier da carta de vinhos premiada, como anuncia o La Residencia no site.

"As fotos nunca passarão a energia deste lugar", escreveu Cristina Ferreira, que apesar disso foi partilhando algumas.

Ora veja o lugar que encantou a apresentadora.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.