Uma das modalidades de exercício físico mais básicas são as caminhadas, que consistem apenas em andar a passo acelerado durante alguns quilómetros. Mas Ana Maria Pinto, autora do projeto, blogue e livro "Time Off", quis refinar o conceito e dar-lhe alguns complementos.

As caminhadas "Time Off" não são só caminhadas, são também passeios com vista para o Douro, refeições típicas e com vinho da região e uma estadia em turismo rural. Ufa, já está cansado?

Não precisa. É que apesar de a Jornada Time Off Horta Osório Wines Douro consistir num percurso de 25 quilómetros divididos por dois dias, 24 e 25 de abril, pelo meio há muitas pausas para relaxar e desfrutar da natureza em pleno Douro Vinhateiro. "Foco-me muito no turismo de natureza e no turismo rural no negócio que começou por ser blogue", refere Ana Maria Pinto à MAGG, acrescentando que as caminhadas (com tudo incluído) são o ponto fulcral no momento.

E vêm em boa altura, já que mais do que nunca andamos em busca de momentos ao ar livre e, de preferência, em passeios por entre a natureza.

Do Douro ao mar, passando pela serra. 7 hotéis com vistas maravilhosas
Do Douro ao mar, passando pela serra. 7 hotéis com vistas maravilhosas
Ver artigo

O primeiro ponto desta jornada é no sábado, 24 de abril, em Cumieira, concelho de Santa Marta de Penaguião, e daí os participantes partem para a uma caminhada de 7,5 quilómetros percorridos em mais de duas horas até à primeira pausa gastronómica: o almoço. Quer ao almoço, quer ao jantar são servidas refeições típicas locais "surpresa", mas também algumas alternativas que caminham lado a lado com as tendências alimentares de hoje em dia. "Temos sempre um prato para pessoas vegetarianas ou que tenham alguma restrição, desde que informem previamente", alerta Ana Maria Pinto, organizadora do evento.

Para digerir o almoço, o percurso segue por mais 7,5 quilómetros de caminhada, que culmina numa estadia em alojamento de turismo rural. "Nós não temos um alojamento fixo porque gostamos de dar opções sempre locais e em alojamentos pequenos, isto é, privilegiamos o alojamento local. O nosso turismo não é de massas", sublinha Ana.

Além da surpresa ao almoço, os participantes serão então surpreendidos com os alojamentos "equivalentes a quatro ou cinco estrelas" que lhes vai calhar. Contudo, levantamos uma ponta do véu: pode vir a ficar na Quinta da Cumieira, na Quinta da Pousada ou no Magnificat Wine Boutique Hotel & SPA — algumas das parceiras do "Time Off".

Com o sono reposto, o segundo dia do programa segue com mais uma caminhada, desta vez de dez quilómetros, cujas calorias são respostas num almoço seguido de visita à adega de uma das quintas com maior expressão na região do Douro: o Horta Osório Wines.

Para quem 25 quilómetros em dois dias for uma aventura demasiado radical para as pernas, pode optar por participar apenas na caminhada de dez quilómetros, a 25 de abril.

As caminhadas são feitas seguindo todas as indicações da Direção-Geral da Saúde contra a COVID-19 e em grupos reduzidos. Isso significa que as vagas são limitadas e o melhor é apressar-se, porque só tem até 18 de abril para garantir o lugar. Pode inscrever-se através do telefone (918 813 459) ou e-mail (geral@timeoff.pt), para onde deve enviar os seus dados: nome, data de nascimento e NIF.

O programa de dois dias, 24 e 25 de abril, custa 125€ por pessoa (inscrição dupla, quarto duplo) ou 150€ por pessoa (inscrição individual, quarto individual). Estão incluídos três kits energéticos, três refeições típicas, visita à adega, a estadia, seguros e guia. Já a caminhada apenas a 25 de abril custa 30€ por pessoa e está garantido kit energético, almoço, visita à adega, seguros e guia.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.