A pandemia ditou que muitas unidades hoteleiras, um pouco por todo o mundo, encerrassem portas. Com a reabertura progressiva do País ao turismo, o setor recomeça agora a receber visitantes. Caso do Solar do Castelo, hotel de charme que fica mesmo dentro das muralhas de um dos locais mais belos e impressionantes de Lisboa, o Castelo de São Jorge.

O hotel de charme do grupo Heritage, que consta na lista dos 50 refúgios mais românticos do mundo da Travel and Leisure, está situado num palacete do século XVIII, construído no lugar das antigas cozinhas do Paço Real. E não é difícil imaginar-se um príncipe ou uma princesa num local cheio de História e histórias, ainda para mais com uma das vistas mais bonitas da capital portuguesa.

Solar do Castelo
créditos: Heritage Solar do Castelo

Com apenas 20 quartos, com nomes sugestivos como Castelo, Mansarda e Alfama (de resto, a zona típica onde se situa o Solar do Castelo), este pequeno hotel proporciona não só romance mas também privacidade e sossego, mesmo no centro histórico de Lisboa.

No exterior, o pátio, os jardins e o tanque de água mantêm o estilo original do século XVIII. E também é possível aprender História durante a estadia, uma vez que existem vários objetos museológicos, encontrados durante a renovação do palacete, e que são verdadeiros testemunhos de oito séculos de História.

Reservas: no site do hotel ou solar.castelo@heritage.pt

Morada: Rua das Cozinhas, 2 (ao Castelo) 1100-181 Lisboa

Contacto: (351) 218 806 050

Preço: a partir de 145 euros por noite em quarto duplo

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.