Kiko voltou para casa quatro anos depois de ter desaparecido em Viatodos, Barcelos. O animal foi resgatado pelo Centro de Recolha Animal de Famalicão após o alerta dado pela PSP que o encontrou a vaguear na zona do hospital de Famalicão, na semana passada, a cerca de seis quilómetros de casa.

Sem encontrar o dono por perto, as autoridades alertaram o Centro de Recolha Animal (CROA) para proceder à recolha. Já nas instalações do CROA, foi detetado um microchip que permitiu identificar o dono.

Este Golden Retriever acolheu a nova bebé da família como uma irmã. Estas 28 fotos mostram o amor do cão pela criança
Este Golden Retriever acolheu a nova bebé da família como uma irmã. Estas 28 fotos mostram o amor do cão pela criança
Ver artigo

"Uma vez recolhido, percebemos que o animal tinha Identificação Eletrónica. Entrámos em contacto com o tutor que ficou extremamente feliz pois este patudo já estava desaparecido há quatro anos e o seu tutor nunca perdeu a esperança de encontrar o animal", revelou o Centro de Recolha Animal de Famalicão na publicação partilhada no Facebook. "Foi a melhor prenda de Natal que poderia ter", disse o dono de Kiko.

Apesar de terem passado quatro anos, Kiko não esqueceu o dono. "Ficou cerca de 30 segundos a olhar, mas mal ele falou, reconheceu-o. Foi emocionante", conta Paulo Lopes, do CROA, citado pelo "Jornal de Notícias". "Mais uma vez se prova que o dispositivo de identificação eletrónica é essencial", acrescentou.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.