Uma criança de 7 anos morreu um dia depois do Natal engasgada com uma pastilha elástica. Arthur Martins Mariano ainda foi assistido por uma equipa médica, que o tentou salvar, mas sem sucesso. Após quase 24 horas de internamento, a criança acabou por morrer, já esta terça-feira, 27 de dezembro.

O caso aconteceu na localidade Tupã, no estado de São Paulo, Brasil. Arthur Martins Mariano estava a mascar uma pastilha elástica quando a engoliu e começou a engasgar-se. A família tentou socorrê-lo, mas sem sucesso. Chamaram então uma equipa médica, que acorreu de imediato ao local, e prestou auxílio à criança, que estava já inanimada. O rapaz foi então levado para o posto de saúde mais próximo, na Santa Casa de Tupã, e daí acabou por ser transferido para a Santa Casa de Marília, onde viria a ser declarado morto já no dia seguinte, 27 de dezembro.

Este jovem de 12 anos juntou 11 mil dólares a vender pipocas para comprar presentes a crianças carenciadas no Natal
Este jovem de 12 anos juntou 11 mil dólares a vender pipocas para comprar presentes a crianças carenciadas no Natal
Ver artigo

A morte foi anunciada nas redes sociais por uma tia do rapaz. "É com muita dor no coração que venho comunicar que meu sobrinho não resistiu. Vou te amar pra sempre", escreveu, no post no Facebook. Seguiram-se dezenas de comentários de pesar pela morte da criança. "Sem palavras. Meus sinceros sentimentos a todos. Como dói em nós que somos mães. Essa mãe sem dúvida está despedaçada", comentou uma amiga da tia.

A Polícia Judiciária de Marília está entretanto a analisar os relatório de óbito e a verificar todos os aspetos sobre a morte da criança.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.