Heidi, um pastor alemão, e o dono separaram-se no alto mar quando o barco onde seguiam começou a encher-se de água. O alerta de que o cão e o dono poderiam estar em perigo foi dado por um pescador em Moreton Bay, Austrália, quando viu o pastor alemão esta quinta-feira, 20 de fevereiro, às 6 horas, dentro de água cercado de vários objetos que pareciam pertencer a um barco.

Desde o tanque de combustível, à roupa de mergulho, os itens foram suficientes para o pescador perceber que algo não estava bem, decidindo avisar a polícia marítima de Brisbane que o dono do barco podia estar em perigo. Este era já o único em risco, uma vez que o cão estava a salvo depois de 11 horas no mar, graças ao pescador. 

As autoridades iniciaram então as buscas por volta das 7h25, numa operação que incluiu um helicóptero Rescue 500, quatro embarcações policiais, barcos jet ski da Marinha de Segurança de Queensland, a Guarda Costeira Voluntária da Marinha e o Resgate Marítimo Voluntário. Finalmente, passado cerca de três horas, encontraram o homem de 63 anos agarrado a um navio afundado no meio do mar.

O dono do barco, já fora de perigo, revelou então à polícia que o acidente aconteceu porque o barco tinha perdido energia e começou a entrar água — o que levou o barco a afundar. 

As maravilhosas fotografias do antes e depois da adoção de 24 cães
As maravilhosas fotografias do antes e depois da adoção de 24 cães
Ver artigo

Quer o dono do barco, quer o pastor alemão, foram vistos por especialistas, mas nenhum deles ficou com ferimentos graves. As únicas mazelas foram mesmo o susto, que serve para deixar o alerta: "Aproveitamos a oportunidade para lembrar os barqueiros que devem prever o pior quando estão na água", disse o sargento sénior Bairstow, de acordo com o jornal "Daily Mail", acrescentando ainda que os barcos devem sempre estar equipados com um dispositivo de flutuação pessoal e a segurança do mesmo deve ser testada antes de navegar.

O final feliz pode servir de exemplo para prevenir novos acidentes, e para demonstrar que o cão é mesmo o melhor amigo do homem — e a prova é o reencontro bastante emotivo entre os dois depois do acidente.

cão
créditos: QLD police

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.