Mais de 100 polícias, três detenções por falta de habilitação legal para conduzir, 42 viaturas apreendidas por alteração de características, 22 autos por outras infrações ao Código da Estrada e consumo de estupefacientes e ainda 26 autos por infrações às normas relativas à pandemia da COVID-19. É de números elevados que se faz a mega-operação, aplidade de "DRIFT", levada a cabo pela PSP na última madrugada, de 3 para 4 de julho.

Juntaram-se agentes da PSP de Leiria, Santarém, Coimbra e da Unidade Especial de Polícia, com o apoio do IMT, na sequência de corridas ilegais na Zona Industrial da Barosa, em Leiria.

Agentes da PSP agredidos por família que desobedeceu ao confinamento
Agentes da PSP agredidos por família que desobedeceu ao confinamento
Ver artigo

O objetivo da operação seria a "fiscalização massiva de viaturas alteradas, seus ocupantes e demais ajuntamentos", refere o comunicado da PSP citado pelo "Jornal de Notícias". O mesmo acrescenta que a Zona Industrial da Barosa é já conhecida por ser palco de corridas ilegais.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.