Uma estação de metro em Kiev virou palco de um concerto surpresa. Dois membros da banda irlandesa U2 atuaram sem aviso prévio na Ucrânia e as imagens do momento musical já correm mundo.

Empresas privadas oferecem mil a 2 mil euros por dia a mercenários portugueses para combaterem na Ucrânia
Empresas privadas oferecem mil a 2 mil euros por dia a mercenários portugueses para combaterem na Ucrânia
Ver artigo

Os vídeos começaram a ser partilhados no canal Telegram, pelas autoridades ucranianas, mas rapidamente chegaram às redes sociais, mais precisamente ao Twitter. "Não há outro sítio no mundo onde preferíssemos estar hoje do que na grande cidade de Kiev", afirmou o vocalista Bono, que estava acompanhado do guitarrista The Edge.

Há ainda registo dos dois artistas a tocarem uma versão da canção "Stand By Me", da banda ucraniana Antytela. Isto, lado a lado com os próprios músicos do grupo.

Recorde-se de que esta não é a primeira vez que a banda se mostra solidária com a atual realidade do povo ucraniano. De acordo com o "Observador", o artista já assinou um poema onde compara a situação da Ucrânia à do seu país, a Irlanda, e em que escreve: "o nome de São Patrício é agora Zelensky".

A banda U2 está ainda envolvida numa recolha de fundos "Stand Up for Ukraine" que conta com o apoio da ONG Global Citizen.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.