O quadro "La Gioconda", mais conhecido por "Mona Lisa", pintado por Leonardo Da Vinci, foi atacado este domingo, 29 de maio, por um visitante do Museu do Louvre, em Paris, França, que tentou estragar a pintura com um pedaço de bolo com creme.

O homem, cuja identidade ainda não foi revelada, deslocava-se numa cadeira de rodas e usava uma peruca preta de mulher. Reuniu as condições necessárias para conseguir aproximar-se o mais possível da pintura e furar a multidão de pessoas que este domingo, 29, tal como acontece todos os dias, rodeava esta que é uma das principais atrações do museu parisiense.

Mona Lisa é a atração turística mais dececionante do mundo
Mona Lisa é a atração turística mais dececionante do mundo
Ver artigo

Ainda assim, não passou de uma tentativa e a obra não ficou danificada, sendo que há um vidro que protege a pintura a óleo. Segundo os relatos nas redes sociais por parte de alguns dos visitantes do museu que assistiram ao incidente, os funcionários limparam o vidro de forma imediata e os seguranças agiram rapidamente, expulsando o autor do ataque.

Mas os instantes após este homem arremessar o pedaço de bolo à pintura de Da Vinci ficaram registados.

"Pensem no planeta"

O homem foi expulso rapidamente, mas aproveitou o momento para deixar um apelo em voz alta, que também foi registado pelas testemunhas. "Há pessoas a tentar destruir o planeta, pensem na Terra, pensem na Terra", começou por dizer.

"Os artistas que pensem na Terra, foi por isso que fiz isto", rematou, de forma a justificar o sucedido.

De acordo com o jornal "Observador", a pintura de 1506 não sofreu qualquer dano e a identidade do homem responsável pelo ataque ainda não é conhecida.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.