Depois das mensagens com letras garrafais e das imagens chocantes, há um estudo, publicado a 6 de agosto, que garante a existência de outra técnica mais eficaz para fazer com que os fumadores reduzam o consumo de tabaco.

Imprimir "fumar mata" nos cigarros, de forma individual, pode ser a solução para diminuir o consumo, segundo um estudo da Universidade de Stirling. A instituição descobriu que os participantes no estudo que viam esta mensagem no cigarro enquanto fumavam, ficavam mais "deprimidos, preocupados e assustados", bem como a mensagem ficava na memória por mais tempo.

"O que percebemos é que os cigarros individuais com avisos gravados seriam desmotivadores para os mais jovens, aqueles que começam a fumar e os que não fumam. O estudo sugere que a introdução destes avisos pode ter impacto da decisão desses grupos", explicou o responsável pelo estudo, Crawford Moodie, ao "LADbible".

Surto de doenças pulmonares nos EUA associado ao uso de cigarros eletrónicos
Surto de doenças pulmonares nos EUA associado ao uso de cigarros eletrónicos
Ver artigo

O estudo contou com um total de 120 participantes, divididos em faixas etárias. Um homem do grupo 36-50 afirmou: "Se és um não fumador e estás a falar com alguém que está a fumar um cigarro com uma mensagem que diz 'fumar mata', provavelmente vais pensar 'esta pessoa tem problemas'." Ou seja, também a perceção dos outros face a quem fuma, pode influenciar a redução do consumo.

A gravação destas mensagens foi uma ideia que Crawford Moodie teve em 2012, quando, em Singapura, viu que os cigarros tinham mensagens sobre a importação ilegal, e pensou: "Porque não fazemos algo parecido no Reino Unido para aumentar a consciência dos riscos de saúde?".

Desmotivar os mais novos a fumar é um dos intuitos deste estudo

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.