Decorriam as gravações do filme "Rust", quando o ator Alec Baldwin disparou uma arma que não deveria estar carregada, atingindo fatalmente a diretora de fotografia, Halyna Hutchins, de 42 anos, e também o realizador do filme, Joel Souza, de 48, que ficou ferido e está em estado crítico. O incidente aconteceu esta quinta-feira, 21 de outubro, e já está em curso uma investigação sobre o caso. Para já,  "nenhuma acusação foi apresentada em relação a este incidente", afirmou em comunicado o gabinete do xerife de Santa Fé, no estado do Novo México, segundo o jornal "The Guardian".

Halyna Hutchins chegou a ser transportada de helicóptero para o hospital, mas acabou por não resistir aos ferimentos. Já o realizador encontra-se no centro médico Christus St. Vincent, em Santa Fé, a "receber tratamento pelos ferimentos", avançaram as autoridades. Sabe-se que Joel Souza está em estado crítico, de acordo com a polícia local.

Filho do ex-futebolista Michael Ballack morre em acidente em Tróia
Filho do ex-futebolista Michael Ballack morre em acidente em Tróia
Ver artigo

Ninguém foi responsabilizado pelo acidente, uma vez que decorrem agora as investigações sobre "como e que tipo de bala foi disparada", avançam as autoridades, acrescentando que Alec Baldwin colaborou no imediato. "O Sr. Baldwin veio voluntariamente falar com os investigadores e saiu depois disso".

Nas redes sociais aumentam as reações ao sucedido, com muitos a lamentar a perda de Halyna Hutchins e também a frisar que é preciso reforçar a segurança nas filmagens. "Não é justo que Alec Baldwin seja a cara desta tragédia. Ele não foi o responsável por carregar aquela arma. A segurança nos set tem de ser levada muito mais a sério", pode ler-se na publicação da argumentista Caitie Delaney.

Em 1993, também nos bastidores de um filme, o ator Brandon Lee, filho de Bruce Lee também foi morto por uma arma supostamente descarregada. O incidente desta quinta-feira, 21, está a trazer de novo o debate sobre o uso de armas nas filmagens. Segundo o ator Xander Berkeley, é o "fim oficial do uso de armas de fogo em sets".

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.