Agora livre da tutela do pai, Britney Spears não desarma e continua a tornar públicas as críticas à família. Numa nova comunicação aos fãs, a cantora recorda como perdeu a fé há cerca de três anos, ao ver-se sem qualquer poder para reverter uma situação que era a sua realidade há quase 14 anos.

"Há três anos, passei por uma experiência em que deixei de acreditar em Deus. Estava a ser atacada e magoada de todos os ângulos pela minha família. A minha família estava a atacar-me sem qualquer razão e isso foi um fardo demasiado pesado de aguentar", escreve a cantora na sua mais recente publicação nas suas plataformas digitais.

"À medida que se tornava insuportável de aguentar, o meu coração assumiu o controlo e, de repente, tornei-me numa leoa. Não muito simpática, é verdade, porque durante muito tempo gritei sozinha e reprimi toda a dor que me preenchia", continua.

Britney Spears. "Não voltarei aos palcos enquanto o meu pai controlar aquilo que uso"
Britney Spears. "Não voltarei aos palcos enquanto o meu pai controlar aquilo que uso"
Ver artigo

Britney Spears descreve ainda como, durante anos, fingiu estar tudo bem para evitar causar conflitos. "Dizem que devemos confrontar a fonte do nosso sofrimento, mas nunca tive essa oportunidade. Escolhi fingir que estava tudo bem enquanto, por dentro, gritava. Queria ser boa e simpática, mas o que me fizeram é imperdoável", refere a artista.

Sobre a sua família, Britney Spears é assertiva. "As pessoas não têm ideia das coisas horríveis que me fizeram. A minha família humilhou-me e magoou-me profundamente". E terá sido todo este tempo, em que o pai controlou a sua vida e carreira, que a fizeram sentir um enorme receio pelas pessoas à sua volta, mas também pela indústria da música e do entretenimento.

"Os motivos que me levam a escrever isto têm que ver com o facto de saber, exatamente, o que é já não acreditar em mim mesma. Mas o último ano foi de muito crescimento individual, embora ainda tenha muita estrada para percorrer", diz. Confrontada com o trauma de 13 anos de tutela, Spears diz que aquilo que a ajudou ultrapassar a situação em que se encontrava passou por focar-se nas suas "conquistas pessoais".

"Para o resto das pessoas, pode parecer que estou extremamente insegura. Mas se me conhecessem, perceberiam exatamente o lugar de onde estou a vir. Desculpem-me se pareço ignorante, mas estou, de facto, insegura e talvez me preocupe demasiado, mas é isso a única coisa que me resta", continua a cantora que diz ter recuperado a sua fé.

Embora a tutela controlada por Jamie Spears, o pai, esteja oficialmente terminada, a cantora ainda não está livre de processos relacionados com o tema. Isto porque a mãe, Lynne, já interpôs um processo em tribunal no qual pede que seja a filha a pagar mais de 500 mil euros em despesas legais.

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.