Grga Brkic estava a fazer uma caminhada nas montanhas Velebit, na Croácia, quando caiu e ficou incapaz de se mexer. O cão foi quem o salvou, ao ficar deitado em cima do dono durante 13 horas, mantendo-o quente.

Cão desaparecido em Barcelos regressa a casa quatro anos depois. "Foi a melhor prenda de Natal"
Cão desaparecido em Barcelos regressa a casa quatro anos depois. "Foi a melhor prenda de Natal"
Ver artigo

Grga Brkic estava acompanhado por mais dois montanhistas que não o conseguiram ajudar e tiveram de pedir ajuda. Mesmo quando a Equipa de Resgaste das Montanhas da Croácia (HGSS) chegou, o animal continuou enrolado junto a Grga Brkic. 

"Os minutos e segundos antes dos socorristas chegarem foram muito lentos", disse Brkic aos meios de comunicação social croatas, citado pelo jornal "Observador". Devido à neve e aos deslizamentos, esta tornou-se "numa das operações mais difíceis", revela a equipa de socorro, tendo sido necessários 27 socorristas para chegar ao lugar onde Brkic ficou preso.

O alpinista ficou com alguns ferimentos nas pernas, mas o cão, North, conseguiu sair ileso. "A amizade e o amor entre um homem e um cão não tem limites", escreveu a equipa de resgate na publicação onde é possível ver uma imagem do cão em cima do dono.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.