Em Espanha a situação preocupante em relação ao novo coronavírus não para de tomar proporções dramáticas. Os números continuam a disparar e esta manhã confirmaram-se mais de 18 mil casos diagnosticados e 832 mortes, conforme anuncia o “El País”.

É em Madrid que a situação está mais descontrolada. Nas últimas 24 horas, nos hospitais da capital, o vírus matou 108 pessoas, uma a cada 15 minutos. A este número juntam-se ainda outras pessoas infetadas que morreram em casa ou os casos de mortes nas residências para idosos, onde o problema é especialmente grave e onde numa residência apenas morreram pelo menos 19 idosos.

COVID-19. Drama em Espanha: coronavírus entrou num lar, já matou 19 idosos e podem morrer muitos mais
COVID-19. Drama em Espanha: coronavírus entrou num lar, já matou 19 idosos e podem morrer muitos mais
Ver artigo

A situação está especialmente grave nesta parte de Espanha. Esta quarta-feira, 18 de março, a presidente de comunidade de Madrid pediu desesperadamente ao governo material para tentar fazer face à epidemia que se está a revelar cada vez mais fatal.

Ao todo, e só nesta zona, há mais de seis mil pessoas infetadas e perto de 500 mortos. Segue-se a zona norte de Espanha onde, na Catalunha, se registam mais de três mil pessoas infetadas e 82 mortos. No País Basco há mais de 1.100 pessoas infetadas e 53 mortes. Ainda assim, já existem 1.107 pessoas curadas.

De acordo com a mesma publicação, as autoridades esperam que o pico máximo seja atingido brevemente e, assim, a taxa de contágio comece a diminuir.

Estes dados chegam numa altura em que são contabilizadas 240 mil infetados num conjunto de 158 países. O número total de mortes situa-se nos dez mil e o de recuperados nos 86 mil, refere o mesmo jornal. À frente de Espanha com o maior número de infetados estão países como a Itália, China e Irão, respetivamente.

Newsletter

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.
Subscrever

Notificações

A MAGG é uma revista digital pensada para mulheres e focada nas preocupações centrais da vida de cada uma. Falamos de tudo o que está a acontecer de forma descontraída mas rigorosa.

Na sua rede favorita

Siga-nos na sua rede favorita.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.