Arya Permana é o nome do jovem que chegou a ser considerado o rapaz mais gordo do mundo ao pesar mais de 190 quilos com apenas 11 anos. Agora, com 14, surge irreconhecível depois de uma intervenção cirúrgica e uma mudança drástica nos hábitos alimentares que lhe permitiram perder mais de 100 quilos.

O jovem, que vive numa pequena vila na Indonésia, chocou a comunidade médica quando, em 2016, surgiram imagens suas numa piscina exterior que usava para se refrescar. Devido ao seu tamanho, era a única forma que permitia à criança, que passava grande parte dos seus dias a alimentar-se à base de alimentos processados, tomar banho.

65% das crianças portuguesas com obesidade sofrem bullying na escola
65% das crianças portuguesas com obesidade sofrem bullying na escola
Ver artigo

Para tentar controlar os hábitos alimentares da criança, os pais de Arya Permana tentaram uma dieta restritiva, mas nem isso serviu para que o jovem conseguisse perder o peso que tinha a mais. Foi por isso que acabou a ser sujeita a uma intervenção cirúrgica com o objetivo de reduzir o tamanho do estômago em cerca de 30%.

"Moldámos o tamanho do estômago ao de uma banana para que a capacidade total fosse reduzida em cerca de 30%, o que permite que possa comer menos e em porções mais pequenas. É fantástico como esta intervenção, associada a uma dieta controlada, permitiu-lhe poder viver como as outras crianças", explica Handy Wing, o especialista envolvido na intervenção cirúrgica de Permana, ao tabloide britânico "Daily Mail".

Sobre os seus hábitos alimentares, a criança diz que só comia "noodles instantâneos e refrigerantes" e que, raramente "comia arroz", frutas ou legumes.

"Agora, a ideia é continuar a perder peso através de uma dieta rigorosa, mas também da prática de exercício físico", que já faz. É que se antes raramente se conseguia mexer, antes da pandemia da COVID-19 fechar as escolas na Indonésia, Arya Permana ia sempre a pé para as aulas e, ao final do dia, fazia desporto com os colegas.

Subscreva a newsletter da MAGG.
Subscrever

As coisas MAGGníficas da vida!

Siga a MAGG nas redes sociais.

Não é o MAGG, é a MAGG.

Siga a MAGG nas redes sociais.

Fale connosco

Se encontrou algum erro ou incorreção no artigo, alerte-nos. Muito obrigado.